Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


Posts Tagged ‘bens’

domingo, novembro 11th, 2018

“No Evangelho de Lucas, o Senhor ensina como devemos ser misericordiosos e generosos para com os pobres, sem nos determos a pensar na nossa pobreza; porque a generosidade não se avalia segundo a abundância do patrimônio, mas segundo a disposição de dar. É por isso que a palavra do Senhor deu preferência entre todos à viúva, acerca da qual diz: ‘Esta viúva deu mais do que todos’.”

domingo, outubro 28th, 2018

“Hoje, o Evangelho nos apresenta a cura de Bartimeu, símbolo da condição de quem vive à margem de Cristo. Cego e mendigo, Bartimeu estava ‘sentado à beira do caminho’ e só pôde aperceber-se da chegada de Jesus por causa da grande multidão que O acompanhava. A cegueira desse pobre habitante de Jericó sinaliza a nossa falta de fé, isto é, a incapacidade de enxergarmos a realidade à sombra luminosa de Deus, que nos revela o sentido e o valor verdadeiro das coisas do mundo; o Senhor nos desperta, por meio do dom da fé, para as riquezas espirituais que nos estão reservadas no Céu. Esta cegueira, como de resto não poderia deixar de ser, nos conduz à mendicância, quer dizer, ao estado deplorável em que, rejeitando aquela alegria eterna e perfeita que Deus deseja compartilhar conosco, nos apegamos às ‘esmolas’ desta vida passageira: preferimos as migalhas e o pó aos bens celestes, à felicidade interminável dos filhos do Altíssimo.”

sábado, outubro 6th, 2018

“Há algo mais contrário e mais oposto à razão, à justiça e à própria natureza, que amar mais a criatura que o Criador, que procurar os bens passageiros mais do que os eternos, as coisas da terra mais do que as do céu?”

terça-feira, setembro 18th, 2018

“Para alcançar a liberdade interior é preciso vencer a ignorância e as diferentes manifestações de fraqueza. Assim a consciência vai descobrindo a verdade e pondo em ordem os bens e os deveres. Daí a importância de ter verdadeiro amor à verdade.”

segunda-feira, setembro 10th, 2018

“Queres ser rico? Pois não te preocupes em aumentar os teus bens, mas sim em diminuir a tua cobiça.”

sexta-feira, julho 20th, 2018

“Qualquer amigo verdadeiro quer para seu amigo: que exista e viva; todos os bens; fazer-lhe o bem; deleitar-se com sua convivência; e, finalmente, compartilhar com ele suas alegrias e tristezas, vivendo com ele um só coração.”

quinta-feira, junho 21st, 2018

“Se Deus toma de nós aquilo que havia emprestado, assim procede com a única intenção de colocá-lo em lugar mais seguro e fora de perigo, e nos dar aqueles bens que desejamos dele receber.”

sábado, maio 5th, 2018

“Com dinheiro podemos comprar muitas coisas, porém não o que nelas há de essencial. Ele nos dá comida, e não apetite; dá-nos remédios, e não saúde; dá-nos conhecidos, e não amigos; dá-nos criados, e não servidores leais; dá-nos dias alegres, e não felicidade ou paz.”

domingo, novembro 19th, 2017

“Com esta parábola Jesus nos ensina que a vida na terra é um tempo para administrarmos a herança do Senhor e assim ganharmos o Céu. O significado da parábola é claro. Nós somos os servos; os talentos são as condições com que Deus dotou cada um de nós (a inteligência, a capacidade de amar, de fazer os outros felizes, os bens temporais…); o tempo que dura a ausência do patrão é a vida; o regresso inesperado, a morte; a prestação de contas, o juízo; entrar no gozo do Senhor, o Céu. Não somos donos, mas administradores de uns bens dos quais teremos de prestar contas.”

quarta-feira, julho 5th, 2017

“Coragem, irmãos! Se até agora houve alguma falta de firmeza em nós, vamos jogá-la fora junto com a negligência e corramos como loucos não só para Deus, mas também para o próximo, pois é o próximo que recebe tudo aquilo que não podemos dar a Deus, porque Ele não precisa de nossos bens.”

domingo, maio 21st, 2017

“Vede todos os bens, todas as graças e misericórdias que Cristo veio fazer aos homens: esse Consolador derrama-as a todas nas nossas almas.”

sábado, maio 20th, 2017

“Se queres ver os teus bens multiplicados, dá esmolas.”

domingo, setembro 25th, 2016

“Será Deus injusto ao repartir desigualmente os bens necessários à vida? Porque vives tu na abundância e aquele na miséria? Não será unicamente para que um dia recebas a recompensa pela tua bondade e gestão desinteressada, enquanto o pobre obterá a coroa prometida à paciência?”

quinta-feira, setembro 22nd, 2016

“Um verdadeiro amigo é o maior de todos os bens e igualmente, de todos, aquele que menos nos preocupamos em adquirir.”

domingo, setembro 11th, 2016

“Regressarei à casa de meu Pai como o filho pródigo, e serei acolhido. Tal como ele o fez, também eu o farei: Ele atender-me-á? Eis-me a bater, Pai misericordioso, à Tua porta; abre, para que eu entre, não me perca, não me afaste nem pereça! Fizeste-me Teu herdeiro, mas eu abandonei a herança e dissipei os meus bens; que doravante eu seja como um trabalhador e um servo.”

domingo, abril 24th, 2016

“Se o amor estivesse espalhado por todos os lados, nasceria dele uma infinidade de bens.”

domingo, março 2nd, 2014

Aprendei a temer a Deus, e tudo o resto decorrerá daqui, e a vossa casa encher-se-á de inúmeros bens. Aspiremos aos bens incorruptíveis, que os outros não nos faltarão. São João Crisóstomo.

domingo, setembro 22nd, 2013

As riquezas de que dispomos não devem servir apenas para nós; com bens injustos pode fazer-se uma obra justa e salutar, e aliviar um daqueles que o Pai destinou à Sua morada eterna. São Clemente de Alexandria.

segunda-feira, setembro 17th, 2012

Se tens sabedoria, compreendes que foste criado para a glória de Deus e para a tua salvação eterna. Esta é a tua finalidade, este é o centro da tua alma, este é o tesouro do teu coração. Por isso, considera verdadeiro bem para ti aquilo que te conduz para o teu fim, e verdadeiro mal […]

domingo, janeiro 22nd, 2012

Eis o motivo por que Ele [Jesus] pede a pobreza àqueles que O querem seguir. O coração deve estar livre de tudo o que o prende aos bens terrenos, não deve desejá-los, não deve inquietar-se, nem deles depender, se quer pertencer totalmente ao Esposo divino. Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein).

sexta-feira, dezembro 16th, 2011

Os bens da terra apenas servem para escavar a alma e aumentar-lhe o vazio. François René de Chateaubriand.

domingo, novembro 7th, 2010

Mas os bens eternos pertencem realmente aos crentes. São Gaudêncio de Bréscia.

sábado, outubro 2nd, 2010

A prudência é o mais valioso de todos os bens. Epiteto.

domingo, setembro 26th, 2010

Será Deus injusto ao repartir desigualmente os bens necessários à vida? Porque vives tu na abundância e aquele na miséria? Não será unicamente para que um dia recebas a recompensa pela tua bondade e gestão desinteressada, enquanto o pobre obterá a coroa prometida à paciência? São Basílio de Cesaréia.

sábado, setembro 18th, 2010

O mérito da pobreza não está precisamente em não possuir nada, senão em não ter afeto às coisas da Terra. São José de Cupertino.

quinta-feira, maio 20th, 2010

Eu bem sei que as coisas que tu tens, não são só tuas, mas Deus te deu-as para suprir as necessidades do homem: não são do homem, mas para as necessidades do homem. São Bernardino de Sena.

sexta-feira, abril 23rd, 2010

Aqueles que têm muito são frequentemente avarentos. Aqueles que têm pouco partilham sempre o que têm. Não me importaria nada de dormir sobre a erva fresca, no verão, e quando viesse o Inverno, de me abrigar junto do feno quente de um celeiro, ou no luxo de um estábulo, desde que tivesse amor no coração. […]

domingo, junho 14th, 2009

Só se pode desejar a alegria da verdade, que é Cristo, e só se pode evitar a ausência d’Ele. É preciso considerar que esta é a única causa de total e eterna tristeza. Tire Cristo de mim e não me restará nenhum bem e não há nada que me aterrorizará tanto como sua ausência. O […]

sábado, maio 16th, 2009

Quem perde os seus bens, perde muito; quem perde um amigo, perde mais; mas quem perde a coragem, perde tudo. Anônimo.

terça-feira, janeiro 27th, 2009

Eis o motivo por que Jesus pede a pobreza àqueles que O querem seguir. O coração deve estar livre de tudo o que o prende aos bens terrenos, não deve desejá-los, não deve inquietar-se, nem deles depender, se quer pertencer totalmente ao Esposo divino. Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein).


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes