Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


Posts Tagged ‘Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo’

segunda-feira, abril 17th, 2017

“Na Paixão e morte de Cristo, os nossos pecados foram apagados. Se acolhermos com fé essa verdade, aceitando fielmente, e sem reservas, o Cristo por inteiro, de modo a escolher e trilhar o caminho da imitação de Cristo, Ele, através de sua Paixão e morte nos conduzirá à glória da ressurreição.”

sexta-feira, abril 14th, 2017

“Quando estiveres em dúvida sobre o teu valor, olha para a Cruz! Vales um Deus crucificado!”

quinta-feira, abril 13th, 2017

youtu.be/KNJZzXalO8Q

Aproxima-se o Tríduo Pascal. Nós, católicos, meditamos mais profundamente o maior evento da história da humanidade: Cristo se sacrifica por nós, na cruz, consumando o projeto de Salvação de Deus. “Amou-os até o fim”. Resgatou-nos das trevas de nosso egoísmo, carregou consigo todas as nossas amarguras, sentiu na carne a dor de nossas escolhas erradas, de […]

terça-feira, abril 11th, 2017

“Quando pensamos no papel negativo desempenhado por Judas devemos inseri-lo na condução superior dos acontecimentos por parte de Deus. A sua traição levou à morte de Jesus, o qual transformou este tremendo suplício em espaço de amor salvífico e em entrega de si ao Pai.”

domingo, abril 9th, 2017

“Vinde, subamos juntos ao monte das Oliveiras e corramos ao encontro de Cristo, que hoje volta de Betânia e se encaminha voluntariamente para aquela venerável e santa Paixão, a fim de realizar o mistério de nossa salvação.”

domingo, março 12th, 2017

“O objetivo principal da Transfiguração era afastar do coração dos apóstolos o escândalo da cruz, a fim de que a humilhação da paixão por Ele desejada não perturbasse a fé deles, considerando que lhes havia sido revelada por antecipação a excelência de Sua dignidade oculta.”

domingo, março 27th, 2016

“Sei que sois bem dispostos com fé indefectível e credes plenamente no nosso Senhor, por nós penetrado na carne por cravos – nós somos fruto desta bendita e divina paixão! – para elevar, com a Sua ressurreição, um estandarte pelos séculos e reunir no corpo uno da Sua Igreja os Seus santos e os Seus crentes. Ele suportou todos estes sofrimentos por nós, para que fôssemos salvos; e sofreu realmente, como realmente ressuscitou! Eu sei e creio que, mesmo depois da ressurreição, Jesus Cristo era na carne. E quando Se aproximou daqueles que estavam ao redor de Pedro… tocaram-nO e, ao contato com a Sua carne e o Seu espírito, creram! Por isso eles desprezaram a morte e triunfaram sobre ela.”

sexta-feira, março 25th, 2016

“Morte de Cristo que amo com todo o coração, és a confiança espiritual da minha alma. Morte amantíssima, em ti estão contidos para mim todos os bens. Só te peço que me guardes sob a tua benevolente proteção, para que na minha morte eu repouse com suavidade à tua sombra. Morte cheia de misericórdia, és a minha vida felicíssima, a melhor porção da minha herança, abundante redenção, preciosíssimo legado.”

terça-feira, setembro 15th, 2015

“Verdadeiramente, ó santa Mãe, uma espada transpassou tua alma. Aliás, somente transpassando-a, penetraria na carne do Filho. De fato, visto que o teu Jesus – de todos certamente, mas especialmente teu – a lança cruel, abrindo-lhe o lado sem poupar um morto, não atingiu a alma dele, mas ela transpassou a tua lama. A alma dele já ali não estava, a tua, porém, não podia ser arrancada dali. Por isso a violência da dor penetrou em tua alma e nós te proclamamos, com justiça, mais do que mártir, porque a compaixão ultrapassou a dor da paixão corporal.”

quinta-feira, agosto 13th, 2015

“Marcai com respeito as vossas cabeças com o sinal da Cruz. Este sinal da Paixão opõe-se ao diabo e protege contra o diabo, se é feito com fé, não por ostentação, mas em virtude da convicção de que é um escudo protetor. É um sinal como outrora foi o Cordeiro verdadeiro; ao fazer o sinal da Cruz na fronte e sobre os olhos, rechaçamos aquele que nos espreite para nos condenar.”

quinta-feira, julho 16th, 2015

“Maria, que era a Mãe de Deus, não reivindicou o privilégio da sua proximidade com Deus; mas despojou-se a si mesma tomando a condição de serva, tornando-se semelhante a qualquer outra mulher. Viveu na humildade e no escondimento, obedecendo a Deus, até a morte do Filho, morte na cruz.”

terça-feira, abril 7th, 2015

“O otimismo cristão reside numa esperança de vitória que transcende toda tragédia. Uma vitória em que passamos além da tragédia para a glória com Cristo crucificado e ressuscitado.”

sexta-feira, abril 3rd, 2015

“Qualquer outro sacerdote oferece algo externo a si, mas Cristo ofereceu a si próprio; qualquer outro sacerdote oferece vítimas, mas Cristo ofereceu a si mesmo como vítima!”

quinta-feira, abril 2nd, 2015

“Cristo não apenas limpou nossas manchas, mas tomou sobre si mesmo as penas incorridas pelas nossas faltas. Nossas penas e nossa penitência seriam insuficientes, se não tivessem por fundamento o mérito e a eficácia da Paixão de Cristo. O que é significado pelo ter secado os pés dos discípulos com um linho, isto é, o linho de seu corpo.”

domingo, março 29th, 2015

“Jesus, antes de consumar o seu sacrifício, porque tal é a sua morte, a sua imolação, quer revelar finalmente e de modo claro quem Ele é e qual a Sua missão. Ele é o Messias e, como tal, quer ser reconhecido, livre e entusiasticamente, pelo Seu povo.”

domingo, março 1st, 2015

“A principal finalidade dessa transfiguração era afastar dos discípulos o escândalo da cruz, para que a humilhação da paixão, voluntariamente suportada, não abalasse a fé daqueles a quem tinha sido revelada a excelência da dignidade oculta de Cristo.”

domingo, fevereiro 15th, 2015

“O gesto afetuoso de Jesus, que Se aproxima dos leprosos para os reconfortar e curar, tem a sua expressão plena e misteriosa na Sua Paixão. Torturado e desfigurado pelo suor de sangue, pela flagelação, pela coroação de espinhos, pela crucifixão, abandonado por aqueles que esqueceram o bem que Ele lhes tinha feito, na Sua Paixão Jesus identifica-Se com os leprosos.”

sexta-feira, outubro 17th, 2014

“Para associar-me à Paixão de Cristo, eu suporto qualquer coisa!”

quarta-feira, julho 16th, 2014

Maria, a Mãe de Jesus, sabia bem que seria através da morte do seu Filho que a Redenção se deveria completar; e, no entanto, também ela chorou e sofreu, e quanto! Santo Padre Pio de Pietrelcina.

sexta-feira, abril 18th, 2014

O canto do sofrimento unido aos Seus sofrimentos é aquilo que mais cativa o Seu coração. Jesus arde de amor por nós…! Olha a Sua Face adorável…! Olha os Seus olhos apagados e baixos…! Olha essas chagas… Olha a Face de Jesus… Ali verás como nos ama. Santa Teresinha do Menino Jesus.

quarta-feira, abril 16th, 2014

Jesus sentiu mais esta falsidade de Judas do que todos os demais ultrajes da Sagrada Paixão. São Leão Magno (Papa).

segunda-feira, abril 14th, 2014

A narração evangélica confere um clima pascal intenso para a nossa meditação: a ceia de Betânia é prelúdio para a morte de Jesus, no sinal da unção que Maria fez em homenagem ao Mestre e que Ele aceitou em previsão da Sua sepultura. Mas é também anúncio da ressurreição, mediante a própria presença do redivivo Lázaro, testemunho eloquente do poder de Cristo sobre a morte. Além da plenitude do significado pascal, a narração da ceia […]

domingo, abril 13th, 2014

Queridos irmãos e irmãs, dois sentimentos nos animem particularmente nestes dias: o louvor, como fizeram aqueles que acolheram Jesus em Jerusalém com o seu «Hosana»; e a gratidão, porque, nesta Semana Santa, o Senhor Jesus renovará o dom maior que se possa imaginar: dar-nos-á a sua vida, o seu corpo e o seu sangue, o […]

sexta-feira, outubro 4th, 2013

Choro as dores e as humilhações do meu Senhor. O que mais me faz chorar é que os homens, por quem ele sofreu tanto, vivem esquecidos dele. São Francisco de Assis.

domingo, setembro 8th, 2013

Devemos seguir o nosso Chefe [Jesus], tão digno de amor, que levou o estandarte à nossa frente. Que cada homem tome a sua cruz e O siga; e chegaremos onde Ele está. Frei Johannes Tauler.

domingo, maio 19th, 2013

Diziam alguns que se opunham ao Santo Espírito: “Esta gente bebeu vinho doce, estão embriagados”. Na verdade, o que dizeis é verdadeiro, mas não como credes. Não foi vinho das vinhas o que eles beberam. É um vinho novo que corre do céu. É um vinho recentemente espremido no Gólgota. Os apóstolos deram-no a beber […]

segunda-feira, abril 1st, 2013

A ressurreição repete-nos a nós também, como a estas mulheres que permaneceram junto de Jesus durante a Sua paixão, que não tenhamos medo de nos tornarmos mensageiros para anunciar a ressurreição. Papa Bento XVI.

sexta-feira, março 29th, 2013

Lembrai-vos de Cristo crucificado, Deus e Homem (…). Tende como objetivo Cristo crucificado, escondei-vos nas feridas de Cristo crucificado, afogai-vos no sangue de Cristo crucificado. Santa Catarina de Sena.

quinta-feira, março 28th, 2013

Que amor, que caridade, a de Jesus Cristo, em ter escolhido a véspera do dia em que ia ser morto para instituir um sacramento por meio do qual permanecerá entre nós, como Pai, como Consolador, e como toda a nossa felicidade! São João Maria Vianney (Cura d’Ars).

quinta-feira, janeiro 31st, 2013

Por que prezamos tão pouco as coisas espirituais? É porque pouco amamos a Jesus Crucificado. São João Bosco.

quinta-feira, dezembro 20th, 2012

O nascimento e a morte de Jesus Cristo, a manjedoura e a cruz, estão são indissociáveis. Deus tornou-se homem para morrer por nós como homem. Deus nasceu em Belém para dar sua vida no Golgotha por amor aos homens! Por isso, a manjedoura e a cruz formam uma união. Ambas são para nós a revelação […]

sexta-feira, setembro 14th, 2012

Celebramos a festa da cruz; por ela as trevas são repelidas e volta a luz. Celebramos a festa da cruz e junto com o Crucificado somos levados para o alto para que, abandonando a terra com o pecado, obtenhamos os céus. A posse da cruz é tão grande e de tão imenso valor que seu […]

quinta-feira, abril 12th, 2012

Cristo se humilhou para nos elevar; sem o sentido de rebaixamento não podemos viver como ressuscitados, não há ressurreição sem morte. Padre Leandro Bernardes.

quarta-feira, abril 11th, 2012

A Paixão do Senhor e sua Ressurreição mostram-nos que há duas vidas: uma para a vivermos simplesmente, a outra para a desejarmos. Não foi Jesus que se dignou levar uma pobre vida na terra por nosso amor para nos dar a vida que desejamos? Ele quer que acreditemos nisso, que acreditemos em seu amor por […]

sábado, abril 7th, 2012

Como podes morrer, ó Vida, como podes habitar num túmulo? Na verdade, porém, aniquilaste o poder da morte e despertaste os mortos nos infernos. Ofício de Orthros – Liturgia Bizantina.


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes