Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


sexta-feira, 28 de agosto de 2009



Por Renata Mariz, para o Correio Braziliense.

Promovido por entidades contrárias ao aborto, um show gratuito de Elba
Ramalho, marcado para o próximo domingo na Esplanada dos Ministérios,
colocou a cantora no centro de uma briga tão antiga quanto controversa. Oito entidades feministas assinaram um manifesto de repúdio à participação da artista no evento e o enviaram para sua produção.

Em resposta às críticas, e para evitar uma possível desistência da cantora,
militantes antiaborto entupiram a caixa de mensagens do empresário de Elba com expressões de apoio. “Não para de chegar e-mails”, reclama Alexandre Valentim, que contabilizou só na manhã de ontem mais de 110 mensagens. Alheia à repercussão, Elba afirma que defende a vida, acima de tudo. “Podem me apedrejar, não vou mudar o que penso”, ressalta.

A cantora faz questão de demonstrar uma postura equilibrada, porém decidida. “Não sou radical, nem entrarei na discussão do caso A, B ou C. O que posso dizer é que defendo a vida das crianças e ninguém vai mudar isso”, destaca.

Assessora técnica do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea), uma das organizações não governamentais que assinaram a carta de repúdio, Kauara Rodrigues destaca que a intenção das entidades foi alertar Elba sobre o que significa sua participação no evento. “Ficamos surpresos ao saber do show da artista nesse movimento, uma vez que ela já se engajou em iniciativas de combate à violência contra a mulher anteriormente. E o aborto não deixa de ser uma violência”, explica Kauara.

Recado dado, Elba já garantiu que não volta atrás. Ponto para os militantes
contra o aborto. “Ela é uma artista que tem livre arbítrio, pode fazer o que
quiser”, comemora Jaime Ferreira Lopes, coordenador geral do evento chamado Marcha Nacional da Cidadania pela Vida, cuja programação começa amanhã, com diversas atrações.

Aretuza Guedes, voluntária do Movimento Brasil sem Aborto, uma das entidades que estão promovendo o show, teve medo de que Elba Ramalho desistisse de cantar por conta de pressões. “Na marcha do ano passado, estava prevista a vinda da Fernanda Lima e do marido dela. Só que na última hora eles voltaram atrás, sem explicação”, diz Aretuza.

Apesar de se dizer favorável à vida “acima de tudo”, Elba já deu depoimento
à revista Veja, em setembro de 1997, contando sobre um aborto que praticou há 36 anos. Na ocasião, já externava posição contrária ao ato. “Se ficasse grávida de novo, não faria o aborto mesmo que não desejasse o filho”,
afirmou.

Três perguntas para Elba Ramalho

*Você tem posição definida sobre o aborto ou aceitou fazer o show
independentemente disso?*

Tenho uma opinião pessoal, não vou negar. Defendo que você deve preservar a vida de qualquer pessoa, mas sem assumir nenhuma radicalidade quanto a isso. Compreendo a posição das ONGs, mas defendo a vida e vou morrer defendendo a vida, como cristã que sou. Tanto é que sou vegetariana, porque acho que já se derramou sangue demais neste mundo.

*Então você não vai desistir do show?*

Absolutamente. Até porque as ONGs têm que entender que isso é uma questão de cada um, pessoal. Não peço desculpa a ninguém porque não estou fazendo nada de errado, sou uma cidadã livre. Foi o mesmo que aconteceu quando me posicionei contra a transposição do São Francisco. O povo da minha terra ficou contra mim. Mas eu não posso deixar de expressar o que penso. Quero a água para os que têm sede, mas mexer em um rio tão degradado não seria a solução viável no momento.

*É verdade que você vai doar parte do seu cachê à causa contra o aborto?*

Não sei o que o Alexandre (empresário) acertou, mas posso dizer que estou
trabalhando com o cachê mínimo, só para pagar a equipe, os gastos. O que
sobrar vai para minha ONG, que cuida de crianças. Com meu cachê normal, que é alto, não seria possível fechar esse show. (RM)

Fonte: Correio Braziliense.

Postado às 13:13 | Tags: , , , , , , , , ,

7 Comentários

  1. Karina disse:

    Nossa, a Kuara definiu tão bem o aborto, que parece até que ela deu um tiro no próprio pé. O ABORTO É UMA VIOLÊNCIA DESCABIDA, tanto para a mulher, pois a fere espiritual, física e emocionalmente, quanto e principalmente para a criança, que, sem direito de defesa, leva a culpa por erros alheios. Para mim, o aborto ainda é uma violência contra a sociedade, visto que é uma desculpa para o governo para reduzir os investimentos necessários nas áreas em que ele de fato deveria atuar. Afinal, para que investir na educação, saúde e segurança pública se é dado à mulher pobre o “direito” de conter a proliferação de sua pobreza por meio do aborto? E a sociedade continua pagando imposto, e arcando com seus planinhos de saúde e segurança particular, pois somos ricos e podemos dar isso aos nossos filhos. E a corrupção se encarrega do superávit tributário!

  2. Francisco disse:

    isso, ai, Elba!Continue assim!Vai!

  3. Gabriel Guerra disse:

    É brincadeira (e de péssimo gosto) o comportamento desses militantes pró-aborto. Ainda bem que algumas personalidades famosos, mesmo que não de forma contudente, mantêm uma posição firme, dentro das suas opiniões e crenças, não cedendo à pressão dessas ONG’s.

  4. maria do rosario disse:

    Parabens ELBA você é um exemplo de CRISTÃ,continue firme.
    Precisamos de mais gente assim.

  5. oswaldo moraes disse:

    Parabéns Elba – viva a vida

  6. Saulo disse:

    É, infelizmente esse movimento pró-aborto, pró-homossexualismo, pró-feminismo está ficando incontrolável em outros países da américa latina. Caso possam, vejam como foi feita uma manifestação desse tipo na Argentina onde existe uma Catedral que ano após ano é depedrada.


    .
    É um abuso e uma ditadura não-militar que se está formando em nossa sociedade.

  7. Marco A. Fontana Oliveira disse:

    Assisti ao vídeo no YouTube sobre a agressão dos partidários do aborto e achei admirável a coragem do rapaz que levou uma cusparada no rosto e manteve-se sereno, altivo e em paz. Quanta dignidade e honra ele demonstrou!
    O fanatismo é uma praga que vem se alastrando pelo planeta! Quando se assume posições fanáticas o errado sufoca o certo transformando facilmente o certo em errado. As pessoas que estão ao lado do bem, têm que ter a dignidade e a honra, exemplificada muito bem por esse jovem argentino, e não se deixarem ser sufocados pelos errados.
    Vamos intensificar o ensinamento do que é certo, com amor, com serenidade e acima de tudo com coragem!
    A luta entre o bem e o mal, o certo e o errado será eterna! Porém o bem sempre vencerá, pois o Grande Arquiteto do Universo e seu filho, sempre estarão guiando o justo e o perfeito nos ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: