Mensagem do dia (19/01/2018)

Há homens que dão tanta importância aos objetos de uso corrente, estão de tal maneira presos à necessidade deles, que se sentem incapazes de se entregar a ideais verdadeiramente grandes, pois sempre estão presos a uma multidão de coisas mesquinhas, de que são incapazes de se desligar. A menor perturbação das comodidades é bastante para lhes roubar a paz e a alegria. Quando, porém, incide sobre nós a influência de um valor elevado, quebram-se as amarras, esfumam-se os centros de interesse superficial e nada nos pode já reter.

Dietrich von Hildebrand.

Mensagem do dia (23/04/2010)

Aqueles que têm muito são frequentemente avarentos. Aqueles que têm pouco partilham sempre o que têm. Não me importaria nada de dormir sobre a erva fresca, no verão, e quando viesse o Inverno, de me abrigar junto do feno quente de um celeiro, ou no luxo de um estábulo, desde que tivesse amor no coração.

Oscar Wilde.