Mensagem do dia (21/11/2023)

Maria deixou seus pais na idade de três anos e foi oferecer-se a Deus no templo de Jerusalém. Esta Virgem predestinada compreendeu desde então que o Senhor ama as primícias da nossa vida, como a homenagem mais em relação com a pureza de seu ser, e com o domínio universal que ele deve exercer sobre nós. O Espírito Santo ensinara-lhe que toda criatura, como propriedade do Criador, deve dar-se a Ele sem tardança e sem reserva, por causa do seu domínio essencial, necessário, absoluto, sem restrição no tempo e na eternidade. A Virgem Imaculada fez ao Senhor a consagração da sua pessoa com generosidade sem igual, com amor superior ao de todos os anjos e santos reunidos.

Padre Luís Bronchain.

Mensagem do dia (20/08/2021)

De todos os movimentos, sensações e sentimentos da alma, o amor é o único em que a criatura pode responder ao Criador e fazer algum tipo de retribuição semelhante, por mais desigual que seja. Pois quando Deus ama, tudo o que Ele deseja é ser amado de volta. O único propósito do Seu amor é ser amado, sabendo que aqueles que O amam são feitos felizes por seu amor a Ele.

São Bernardo de Claraval.

Mensagem do dia (15/08/2021)

Quem pode imaginar a glória de que a rainha do mundo foi cercada quando de sua passagem? Que afeto devoto dedicaram-lhe a multidão de legiões celestes que foram ao seu encontro! Como eram belos os cânticos que a acompanhavam até o seu trono! Que fisionomia tranqüila, que rosto sereno, que olhar elevado quando do braço de seu divino Filho que a exaltava acima de todas as criaturas! Acredito que neste dia a milícia dos Céus foi festivamente encontrar a mãe de Deus cercando-a de imensa luz e conduzindo-a com loas e cânticos até o trono de Deus. A milícia da Jerusalém celeste estremeceu de inefável alegria, de indizível prazer, de imenso júbilo. Essa festa, que acontece apenas uma vez ao ano para nós, é ininterrupta nos Céus, com o próprio Salvador estando com ela durante toda a festa e colocando-a com alegria junto dele no trono. Se fosse diferente, não teria cumprido sua própria lei que diz: Honre seu pai e sua mãe?

São Jerônimo.

Mensagem do dia (01/01/2021)

Vinde, sábios, admiremos a Virgem Mãe, a filha de David, esta flor de beleza que deu à luz a maravilha. Admiremos a fonte donde brota o princípio, a embarcação completamente carregada de alegrias que nos traz a mensagem vinda do Pai. No seu seio puríssimo, recebeu e trouxe este grande Deus que governa a criação, este Deus por Quem a paz reina na terra e nos céus. Vinde, admiremos a Virgem puríssima, maravilhosa em si mesma, a única criatura que deu à luz sem ter conhecido homem. A sua alma estava cheia de assombro, e todos os dias glorificava a Deus na alegria, por estes dons que parecia não poderem unir-se: a sua integridade virginal e o seu Filho bem-amado. Sim, abençoado seja Quem dela nasceu!

Santo Efrém.

Mensagem do dia (21/11/2018)

Uma oferta maior e mais perfeita do que a de Maria, ainda menina de três anos, nunca foi e nunca será feita a Deus por uma mera criatura. Apresentou-se no templo a oferecer-lhe, não aromas ou vitelos, nem talentos de ouro, mas toda a sua pessoa em perfeito e perene holocausto ao Senhor. Bem ouviu a voz de Deus, que já a chamava para dedicar-se inteiramente ao seu amor.

Santo Afonso de Ligório.

Mensagem do dia (25/06/2017)

Para os discípulos não se sentirem abandonados nas lutas e perseguições, Jesus os encoraja, falando da providência do pai celeste, presente até nas mínimas circunstâncias da vida de suas criaturas. Se nem do passarinho descuida, como esqueceria os filhos expostos ao perigo por seu amor?

Padre Gabriel de Santa Maria Madalena.

Mensagem do dia (04/08/2016)

Quando alguém tem o coração puro e unido a Deus, sente em si mesmo uma suavidade e doçura que inebria, e uma luz maravilhosa que o envolve. Nesta íntima união, Deus e a alma são como dois pedaços de cera, fundidos num só, de tal modo que ninguém pode mais separar. Como é bela esta união de Deus com sua pequenina criatura! É uma felicidade impossível de se compreender.

São João Maria Vianney (Cura d’Ars).