Mensagem do dia (30/01/2022)

“Sabes também que o Senhor Jesus começou por fazer antes de ensinar. Mais tarde, haveria de dizer: «Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração». E quis praticá-lo realmente, sem fingimento. Fê-lo de todo o coração, como era manso e humilde de todo o coração e em verdade. Nele não havia dissimulação. Estava de tal maneira mergulhado na humildade, no desprezo e na abjeção, aniquilara-Se de tal maneira aos olhos de todos, que quando começou a pregar e a anunciar as maravilhas de Deus, e a fazer milagres e coisas admiráveis, ninguém Lhe dava valor, antes O desprezavam e troçavam Dele dizendo: «Não é este o filho do carpinteiro?», e outras coisas parecidas. Assim se cumpre a palavra de São Paulo: «Aniquilou-Se a Si mesmo, tomando a condição de servo», e não apenas de servo comum, pela encarnação, mas de um servo inútil, através da Sua vida humilde e desprezada.”

São Boaventura.

Mensagem do dia (17/10/2020)

Rezai sem cessar pelos outros homens, pois neles há esperança de conversão, a fim de que alcancem a Deus. Deixai que, ao menos por nossas obras, eles se tornem nossos discípulos. Quando eles tiverem seus acessos de ira, sede mansos; diante de suas manias de grandeza, sede humildes; frente às suas blasfêmias, oponde vossas orações; diante de seus erros, sede firmes na fé; diante de sua ferocidade, sede pacíficos, sem procurar imitá-los. Sejamos irmãos deles pela bondade, e procuremos ser imitadores do Senhor.

Santo Inácio de Antioquia.

Mensagem do dia (17/04/2019)

Jesus deixou-se beijar por Judas. E fê-lo, não só por mansidão, mas também para demonstrar que embora se entregasse por vontade própria, não desprezava o sinal que o traidor tinha dado. Também não perdeu o Senhor a ocasião de fazer bem a quem lhe fazia mal. Depois de ter beijado sinceramente Judas, admoestou-o, não com dureza que merecia, mas com a suavidade com que se trata um doente. Chamou-o pelo seu nome que é sinal de amizade, e fez-lhe ver a gravidade do crime que cometia.

Padre Luis de la Palma.

Mensagem do dia (25/01/2018)

Levanta-se São Paulo do chão, cego na vista do corpo, mas dentro d’alma todo cheio de sabedoria celestial, e alumiado com o resplendor da fé, entra na cidade de Damasco, já não a beber sangue dos cristãos como lobo cruel, mas a banhar-se todo no sangue de Jesus Cristo como manso cordeiro, e lavar com água do santo batismo o muito sangue, que tinha derramado, com que sua alma estava ensangüentada.

São José de Anchieta.