Mensagem do dia (29/08/2020)

Não há qualquer dúvida de que São João Batista sofreu a prisão pelo nosso Redentor, que precedeu pelo seu testemunho, de que foi por Ele que deu a vida. O seu perseguidor não lhe pediu para negar Cristo, mas para calar a verdade. Contudo, foi por Cristo que morreu. Com efeito, Cristo disse acerca d’Ele mesmo: «Eu sou a verdade». Se pela verdade derramou o seu sangue, então foi por Cristo.

São Beda, o Venerável.

Mensagem do dia (27/04/2020)

A essência da minha missão consiste em enxugar as lágrimas de Cristo, onde quer que ele chore. Deus naturalmente, não chora no céu, onde vive em luz inacessível e bem-aventurança eterna. Deus chora na Terra. Suas lágrimas correm incessantes sobre a divina face de Jesus, que continua aqui, vivendo e sofrendo, passando fome e sendo perseguido nos mais pequeninos dos seus irmãos.

Padre Werenfried van Straaten.

Mensagem do dia (13/01/2020)

Nos dias difíceis e de tempestade da Igreja, ai das almas minadas pela incerteza e nas quais a fé e a piedade estiverem ainda em estado embrionário ou ainda na infância. Umas, surpreendidas no embaraço de suas incertezas e atrasadas por causa das irresoluções de seu espírito constantemente irrequieto, estarão muito pesadas para escapar às perseguições do anticristo. Outras, tendo apenas degustado os mistérios da fé em embebidas somente de uma fraca dose de ciência divina, não terão força suficiente e habilidade necessário para resistir a tão grandes assaltos.

Santo Hilário de Poitiers.

Mensagem do dia (25/01/2019)

Do alto do céu a voz de Cristo fez com que Saulo caísse por terra: recebeu a ordem de não continuar com as suas perseguições, e caiu por terra. Era preciso que tombasse e em seguida se erguesse; primeiro caído e depois curado. Porque Cristo não teria nunca vivido nele se Saulo não tivesse abandonado a sua antiga vida de pecado. Caído por terra, que ouve ele? «Saulo, Saulo, por que Me persegues? É duro para ti recalcitrar contra o aguilhão». Ao que ele respondeu: «Quem és tu, Senhor?» E a voz do alto continuou: «Sou Jesus de Nazaré, que tu persegues». Os membros ainda estão na terra, é a cabeça que grita do alto do céu; e não diz: «Por que persegues os Meus servos?» mas «Por que Me persegues?»

Santo Agostinho.

Mensagem do dia (25/06/2017)

Para os discípulos não se sentirem abandonados nas lutas e perseguições, Jesus os encoraja, falando da providência do pai celeste, presente até nas mínimas circunstâncias da vida de suas criaturas. Se nem do passarinho descuida, como esqueceria os filhos expostos ao perigo por seu amor?

Padre Gabriel de Santa Maria Madalena.