Mensagem do dia (30/01/2022)

“Sabes também que o Senhor Jesus começou por fazer antes de ensinar. Mais tarde, haveria de dizer: «Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração». E quis praticá-lo realmente, sem fingimento. Fê-lo de todo o coração, como era manso e humilde de todo o coração e em verdade. Nele não havia dissimulação. Estava de tal maneira mergulhado na humildade, no desprezo e na abjeção, aniquilara-Se de tal maneira aos olhos de todos, que quando começou a pregar e a anunciar as maravilhas de Deus, e a fazer milagres e coisas admiráveis, ninguém Lhe dava valor, antes O desprezavam e troçavam Dele dizendo: «Não é este o filho do carpinteiro?», e outras coisas parecidas. Assim se cumpre a palavra de São Paulo: «Aniquilou-Se a Si mesmo, tomando a condição de servo», e não apenas de servo comum, pela encarnação, mas de um servo inútil, através da Sua vida humilde e desprezada.”

São Boaventura.

Mensagem do dia (30/08/2021)

Desejais uma recordação de mim. Outra recordação não tem a dar-vos se não um convite à santidade. As pessoas parecem que não se deixam mais convencer pela nossa pregação, mas defronte à santidade ainda crêem, ainda se ajoelham e rezam. As pessoas parecem que vivem ignorantes das realidades sobrenaturais, indiferentes aos problemas da salvação. Mas se um Santo autêntico, ou vivo ou morto, passa, todos correm na sua passagem. […] Não esqueçais que o diabo não tem medo dos nossos campos esportivos e dos nossos cinemas, mas tem medo, contudo, de nossa santidade.

Beato Alfredo Ildefonso Schuster.

Mensagem do dia (04/07/2021)

O Senhor reconheceu em Pedro o intendente fiel, a quem confiou as chaves do Reino, e em Paulo um mestre qualificado, que encarregou de ensinar na Igreja. Para prometer aos que foram formados por Paulo que encontrariam a salvação, era preciso que Pedro os acolhesse para lhes dar repouso. Quando Paulo tiver aberto os corações com a sua pregação, Pedro abrirá às almas o Reino dos Céus. Assim, pois, também Paulo recebeu de Cristo uma espécie de chave, a chave da ciência, que permite abrir em profundidade os corações endurecidos para a fé, para em seguida trazer à superfície, por uma revelação espiritual, aquilo que se encontrava escondido no interior. Trata-se de uma chave que deixa escapar da consciência a confissão do pecado e que nela encerra para sempre a graça do mistério do Salvador. Ambos receberam, pois, chaves das mãos do Senhor; um deles recebeu a chave da ciência, o outro a chave do poder; este dispensa as riquezas da imortalidade, aquele distribui os tesouros da sabedoria.

São Máximo de Turim.

Mensagem do dia (17/02/2021)

Anotei no meu caderno minhas resoluções quaresmais, mas quero confirmá-las aqui. Devo verdadeiramente renovar minha vida, e é a Deus a quem peço com toda simplicidade transformar-me. Quero interiormente viver mais espiritualmente, exteriormente ser mais gentil e amável para fazer Deus melhor amado, que é o início e o fim de minha vida espiritual. Mais do que nunca, eu quero esconder no Coração de Jesus minhas boas obras, minha abnegação, pregar somente pelo exemplo, não falar nada de mim mesma e pouco de Deus, já que neste triste mundo só escandalizamos ou irritamos os outros mostrando nosso amor a Deus. Mas sempre que alguém se aproxima de mim, ou sempre que parecer ser a vontade de Deus que eu me aproxime de alguém, eu o farei simplesmente, muito prudentemente, e desaparecerei tão logo a tarefa estiver cumprida, não misturando pensamento de mim mesma na ação de Deus. E se tiver que ser incompreendida, criticada ou julgada desfavoravelmente, tentarei me alegrar lembrando-me de nosso divino modelo, e buscarei ser de nenhuma importância na estima dos outros. Eu que de fato sou tão pobre e pequena aos olhos de Deus.

Élisabeth Leseur.

Mensagem do dia (25/01/2021)

Uma vez convertido, Paulo tornou-se instrumento da conversão do mundo inteiro. Outrora, quando ainda vivia na carne, mas não segundo a carne, converteu muita gente a Deus através da sua pregação; ainda nos dias de hoje, em que vive junto de Deus uma vida mais feliz, não cessa de trabalhar para a conversão dos homens pelo seu exemplo, a sua oração e a sua doutrina.

São Bernardo de Claraval.

Mensagem do dia (13/12/2020)

Não é no espírito, mas em água que João batiza. Incapaz de perdoar os pecados, ele lava pela água o corpo dos batizados, mas não lava o espírito pelo perdão. Então porque é que ele batiza, se não perdoa os pecados pelo seu batismo? Por quê, a não ser para permanecer no seu papel de precursor? Tal como, nascendo, precedeu o Senhor que ia nascer, assim também, batizando, precede o Senhor que ia batizar. Precursor de Cristo pela sua pregação, ele o foi também dando um batismo que era uma imagem do sacramento que estava para vir.

São Gregório Magno (Papa).

Mensagem do dia (24/06/2020)

O nascimento deste menino foi para muitos causa de alegria e ainda o é nos nossos dias. Dado a seus pais na velhice, ele veio pregar a um mundo envelhecido a graça de um novo nascimento. Por isso, a Igreja festeja solenemente esta natividade, fruto maravilhoso da graça, com o qual a natureza se maravilha.

Beato Guerric d’Igny.

Mensagem do dia (14/06/2020)

Irmãos queridos, compreendamos a nossa vocação: na sua misericórdia, Deus não nos chamou apenas para nosso próprio benefício, mas também para o serviço e a salvação de muitos outros. Vamos, portanto, mundo fora; pela palavra e pelo exemplo, exortemos os homens e as mulheres a penitenciarem-se dos seus pecados e a recordarem-se dos mandamentos de Deus, que durante tanto tempo mantiveram no esquecimento.

São Francisco de Assis.

Mensagem do dia (02/05/2020)

Não devemos perder de vista a Tradição, a Doutrina e a fé da Igreja Católica, tal como o Senhor ensinou, tal como os Apóstolos pregaram e os Santos Padres transmitiram. De fato, a Tradição constitui o alicerce da Igreja, e todo aquele que dela se afasta deixa de ser cristão e não merece mais usar esse nome.

Santo Atanásio.

Mensagem do dia (19/03/2020)

Dentre todas as vocações noto duas, nas Escrituras, que parecem diametralmente opostas: uma é a dos Apóstolos; a segunda, a de José. Jesus é revelado aos Apóstolos para que o anunciem por todo o universo; e é revelado a José para que silencie e o esconda. Os Apóstolos são luzeiros para mostrarem Jesus ao mundo inteiro. José é um véu para encobri-lo; e sob esse véu misterioso oculta-se-nos a virgindade de Maria e a grandeza do Salvador das almas. Aquele que glorifica os Apóstolos concedendo-lhes a honra da pregação, glorifica José pela humildade do silêncio.

Jacques Bossuet.

Mensagem do dia (18/12/2019)

Adoremos o Verbo Encarnado no seio de Maria, suspirando pelo momento de Sua aparição na terra para nos salvar. Admiremos este grande mistério. de amor e de bondade, com que Deus se manifestou em carne para expiar os nossos pecados: mistério que o Espírito Santo justificou com tantos milagres; mistério que foi visto dos anjos, tem sido pregado aos gentios, crido no mundo, recebido na glória. Não é muito justo que nos preparemos mais cedo para celebrar um tal mistério na proximidade de sua solenidade?

Monsenhor André Jean Marie Hamon.

Mensagem do dia (03/01/2019)

Ó nome glorioso, gracioso, amoroso e animoso! Por ti se perdoam todos os pecados, se vence o inimigo, se curam os enfermos e nas adversidades se encorajam e consolam os que sofrem. Tu és a glória dos que crêem, o mestre dos que pregam, a força dos que trabalham, o remédio dos que estão em necessidade.

São Bernardino de Sena.

Mensagem do dia (02/07/2017)

Na realidade, eram como um só. Embora tenham sido martirizados em dias diferentes, deram o mesmo testemunho. Pedro foi à frente; Paulo o seguiu. Celebramos o dia festivo consagrado para nós pelo sangue dos apóstolos. Amemos a fé, a vida, os trabalhos, os sofrimentos, os testemunhos e as pregações destes dois apóstolos.

Santo Agostinho.

Mensagem do dia (14/12/2014)

João Batista não falava apenas do seu tempo quando anunciou o Senhor aos fariseus, dizendo: “Preparai os caminhos do Senhor, endireitai as Suas veredas”. João brada hoje em nós, e o trovão da sua voz abala o deserto dos nossos pecados. Mesmo abafada pelo sono do martírio, a sua voz ressoa ainda, e continua a dizer-nos: “Preparai os caminhos do Senhor, endireitai as Suas veredas”.

São Máximo de Turim.