Mensagem do dia (14/02/2024)

Chegamos, pois, caríssimos, ao início da Quaresma, ou seja, a um mais aplicado serviço do Senhor, pois comprometendo-nos de alguma forma em uma espécie de competição de obras santas, preparamos nossas almas para combater as tentações; e compreendamos que quanto mais nos aplicarmos à nossa salvação, tanto mais veementes serão os ataques dos adversários. Mas, Aquele que está em nós é mais forte do que aquele que está contra nós e é por Ele que nos afirmamos, se confiarmos em Sua força: porque se o Senhor permitiu ser tentado pelo tentador, com isto quis nos instruir pelo Seu exemplo, para que fôssemos fortalecidos pelo Seu auxílio. Porque Ele venceu o inimigo, como já ouvistes dizer, apelando para as leis e não pelo uso do Seu poder; desta forma Ele honrava sobremaneira o homem e punia mais severamente o adversário, pois que o inimigo do gênero humano era vencido por Ele não tanto enquanto Deus, mas enquanto homem. Portanto, Ele lutou para que nós pudéssemos lutar em seguida; Ele venceu, para que nós da mesma forma vencêssemos.

São Leão Magno (Papa).

Mensagem do dia (20/01/2024)

São Sebastião é um exemplo de coragem ante os obstáculos da vida e fidelidade mesmo diante das contrariedades e perseguições. É interessante notar o seu empenho em fazer o bem ocultamente, aproveitando todas as circunstâncias para semear alegria, consolo e ânimo para as pessoas próximas, mesmo sabendo que quando fosse descoberto poderia ter complicações. São Sebastião também pode ser reconhecido por sua prontidão em fazer a Vontade de Deus e enorme espírito de serviço, pois após recobrar a saúde ele se volta para os outros e quer continuar fazendo o bem, sem achar que já fez muito na vida e que agora precisa repousar.

Dom Orani João Tempesta.

Mensagem do dia (31/05/2023)

A festa de hoje, instituída por Urbano VI em 1389, situa-se entre a Anunciação do Senhor e o nascimento de João Batista, de acordo com o relato evangélico. Comemora-se a Visita de Nossa Senhora à sua prima, Santa Isabel, já avançada em idade, para ajudá-la na esperança da sua maternidade, e, ao mesmo tempo, para partilhar com ela o júbilo das maravilhas realizadas por Deus em ambas. Esta festa da Virgem, com a qual terminamos o mês que lhe é dedicado, manifesta-nos a sua ação medianeira, o seu espírito de serviço e a sua profunda humildade. Ensina-nos a levar a alegria cristã aos lugares aonde vamos. Como Maria, temos de ser causa de alegria para os outros.

Padre Francisco Fernández Carvajal.

Mensagem do dia (31/07/2022)

Todos nós desejamos ser felizes e ter paz. Fomos criados para isso e só podemos encontrar a felicidade e a paz amando a Deus; o amor traz-nos a alegria e a felicidade. Muitas pessoas pensam, sobretudo no Ocidente, que viver fazendo o que lhes apetece as torna felizes. Eu penso que é mais difícil ser feliz na riqueza, porque as preocupações para ganhar dinheiro e o conservar nos escondem Deus. De qualquer modo, se Deus vos confiou riquezas, usai-as para servir as suas obras: ajudai os outros, ajudai os pobres, criai empregos, dai trabalho aos outros. Não desperdiceis em vão a vossa fortuna; ter uma casa, honras, liberdade, saúde, tudo isso nos é confiado por Deus para o pormos ao serviço dos que são menos afortunados do que nós.

Santa Teresa de Calcutá.

Mensagem do dia (17/10/2021)

Ao cobiçar os primeiros lugares, os mais altos cargos e as honras mais elevadas, os dois irmãos, Tiago e João, queriam, na minha opinião, ter autoridade sobre os outros. É por isso que Jesus Se opõe à sua pretensão, e põe a nu os seus pensamentos secretos dizendo-lhes: «Quem quiser ser o primeiro entre vós, faça-se o servo de todos».

São João Crisóstomo.

Mensagem do dia (31/12/2020)

Eu peço a Deus, ao Divino Infante, para este ano a graça de uma vida interior mais forte e toda sobrenatural, de uma vida exterior toda devotada ao caro próximo. Que a serenidade do meu coração se consolide e irradie a todos; que mais austera no interior, me torne acolhedora de cada um, gentil para com a vida, os seres e as provações. Servi-vos de mim, Mestre adorado, segundo vossa vontade, em favor das almas, para vossa glória.

Élisabeth Leseur.

Mensagem do dia (14/06/2020)

Irmãos queridos, compreendamos a nossa vocação: na sua misericórdia, Deus não nos chamou apenas para nosso próprio benefício, mas também para o serviço e a salvação de muitos outros. Vamos, portanto, mundo fora; pela palavra e pelo exemplo, exortemos os homens e as mulheres a penitenciarem-se dos seus pecados e a recordarem-se dos mandamentos de Deus, que durante tanto tempo mantiveram no esquecimento.

São Francisco de Assis.

Mensagem do dia (29/03/2018)

Devemos lavar-nos os pés uns aos outros no recíproco serviço quotidiano do amor. Mas devemos lavar-nos os pés também no sentido de que nos perdoamos sempre de novo uns aos outros. A ofensa que o Senhor nos perdoou é sempre infinitamente maior do que todas as ofensas que outros poderão ter em relação a nós. A isto nos exorta a Quinta-Feira Santa: a não deixar que o rancor para com o próximo se torne no fundo um envenenamento da alma. Exorta-nos a purificar continuamente a nossa memória, perdoando-nos reciprocamente de coração, lavando os pés uns dos outros, para assim podermos ir juntos ao banquete de Deus.

Papa Bento XVI.

Mensagem do dia (19/11/2017)

Com esta parábola Jesus nos ensina que a vida na terra é um tempo para administrarmos a herança do Senhor e assim ganharmos o Céu. O significado da parábola é claro. Nós somos os servos; os talentos são as condições com que Deus dotou cada um de nós (a inteligência, a capacidade de amar, de fazer os outros felizes, os bens temporais…); o tempo que dura a ausência do patrão é a vida; o regresso inesperado, a morte; a prestação de contas, o juízo; entrar no gozo do Senhor, o Céu. Não somos donos, mas administradores de uns bens dos quais teremos de prestar contas.

Monsenhor José Maria Pereira.

Mensagem do dia (05/11/2017)

Seguramente que, nesta passagem do Evangelho, o Senhor instrui, não apenas os Seus discípulos, mas também os chefes da Igrejas, prescrevendo a todos que não se deixem levar pela avidez na procura de honrarias. Pelo contrário, que “quem se quiser fazer grande” seja o primeiro a fazer-se como Ele, “servo de todos”.

São Pascásio Radberto.

Mensagem do dia (22/07/2016)

Consideremos, meus irmãos, quanto Maria Madalena cedia em dignidade a Pedro, o chefe dos Apóstolos, a João, o teólogo bem-amado por Cristo, e quanto ela foi, no entanto, mais favorecida que eles. Eles, quando acorreram ao sepulcro, apenas viram as ligaduras e o sudário; mas ela, que permanecera com firme perseverança até ao fim à porta do túmulo, viu, antes dos apóstolos, não só os anjos, mas o próprio Senhor dos Anjos, ressuscitado na carne. Ela ouviu a Sua voz e assim Deus, pela Sua própria palavra, a pôs ao Seu serviço.

São Gregório Palamas.

Mensagem do dia (26/07/2015)

No pão da eucaristia recebemos a multiplicação inesgotável dos pães do amor de Jesus Cristo, que é suficientemente rico para saciar a fome de todos os séculos, e que procura assim a colocar-nos, também a nós, ao serviço desta multiplicação dos pães. Os poucos pães de cevada da nossa vida poderão parecer inúteis, mas o Senhor precisa deles e pede-no-los.

Papa Bento XVI.