Mensagem do dia (27/11/2022)

Conhecemos uma tríplice vinda do Senhor. Entre a primeira e a última há uma vinda intermediária. Aquelas são visíveis, mas esta, não. Na primeira vinda o Senhor apareceu na terra e conviveu com os homens. Foi então, como ele próprio declara, que viram-no e não o quiseram receber. Na última, todo homem verá a salvação de Deus e olharão para aquele que transpassaram. A vinda intermediária é oculta e nela somente os eleitos o vêem em si mesmos e recebam a salvação. Na primeira, o Senhor veio na fraqueza da carne; na intermediária, vem espiritualmente, manifestando o poder de sua graça; na última, virá com todo o esplendor da sua glória. Esta vinda intermediária é, portanto, como um caminho que conduz da primeira à última: na primeira, Cristo foi nossa redenção; na última, aparecerá como nossa vida; na intermediária, é nosso repouso e consolação.

São Bernardo de Claraval.

Mensagem do dia (27/10/2022)

Agora,
que eu já não sei andar nas trevas,
não me roubes a Tua Mão, Senhor,…
por piedade!
Voltar às trevas não sei,
e sem a Tua Mão não poderei
dar um só passo em tanta Claridade.

Pelas Tuas feridas minhas, pelas tristezas
de Tua Mãe, Jesus,
não me deixes, no meio desta Luz,
de pernas presas…

Não me deixes ficar
com o Caminho todo iluminado
e eu parado e tão cansado
como se fosse a andar…

Sebastião da Gama.

Mensagem do dia (14/09/2022)

A Cruz, é o escudo e o troféu contra o demônio. É o sinal para que não sejamos atingidos pelo anjo exterminador, como diz a Escritura. É o instrumento para levantar aqueles que caem, o apoio para os que se mantém em pé, o bastão dos débeis, o guia dos que se extraviam, a meta dos que avançam, a saúde da alma e do corpo. Afugenta todos os males, acolhe todos os bens, é a morte do pecado, a semente da ressurreição, a árvore da vida eterna.

São João Damasceno.

Mensagem do dia (01/09/2022)

O princípio de nossas ações morais é nossa vontade livre. Quando esta vontade é reta, obedece à lei suprema e submete-se deliberada e totalmente só a Deus. Esta submissão não suprime os defeitos, mas rejeita-os; não torna impossíveis as quedas, mas torna-as ilógicas. O homem pode cair, mas não manca; levanta-se e segue aprumado o seu caminho.

Padre Pierre Charles.

Mensagem do dia (18/03/2022)

Quando está iluminada pela fé, a alma representa Deus diante de si e contempla-O tanto quanto possível. Abarca os limites do universo e, antes do fim dos tempos, já vê o julgamento e o cumprimento das promessas. Tu, portanto, possui essa fé que depende de Deus e que te leva a Ele; então receberás d’Ele essa fé que age para além das forças humanas.

São Cirilo de Jerusalém.

Mensagem do dia (06/01/2022)

Passaram-se vinte séculos: muitas almas percorrem os caminhos da terra como os reis magos do Oriente e continuam a perguntar ao passar: «Vistes, acaso, aquele que a minha alma ama?» É também uma estrela de luz que, iluminando o nosso caminho, nos conduz à humildade de uma manjedoura e nos mostra o que nos fez sair «das muralhas da cidade». Ela mostra-nos um Deus que, sendo embora Senhor de tudo, carece de tudo. O Criador da luz e do calor do sol sofre de frio; Aquele que vem ao mundo por amor aos homens é esquecido pelos homens.

São Rafael Arnáiz Barón

Mensagem do dia (06/12/2021)

Irmãos, a vós, como às crianças, Deus revela o que ocultou aos sábios e entendidos: os autênticos caminhos da salvação. Meditai neles com suma atenção. Aprofundai no sentido deste Advento. E, sobretudo, observai quem é Aquele que vem, de onde vem e para onde vem; para quê, quando e por onde vem. É uma curiosidade boa. A Igreja universal não celebraria com tanta devoção este Advento se não contivesse algum grande mistério.

São Bernardo de Claraval.

Mensagem do dia (24/10/2021)

E é precisamente a humanidade que está representada por este cego sentado na beira do caminho e a mendigar, pois a Verdade diz de Si mesma: «Eu sou o caminho». Aquele que não conhece o brilho da luz eterna é de fato cego, mas se começa a crer no Redentor então fica «sentado à beira do caminho». Se, embora crendo Nele, não Lhe implora o dom da luz eterna, se se recusa a pedir-Lho, será sempre um cego à beira do caminho; um cego que não pede.

São Gregório Magno (Papa).

Mensagem do dia (19/05/2021)

Não fique de luto pela felicidade alheia. Ela terminou sua missão entre os espinhos e ascendeu para junto d’Aquele que a criou. Esta é a condição de nossa fragilidade em face de nossa primeira condenação: nascemos para morrer e morremos para viver. Há algum caminho mais feliz para a vida do que a morte?

Beato Alcuíno de Iorque.

Mensagem do dia (02/05/2021)

Tornemo-nos ramos autênticos e ricos em uvas da vinha de Jesus, acolhendo-O na nossa vida como Lhe aprouver vir:
como Verdade ─ para a dizer;
como vida ─ para a viver;
como Luz ─ para iluminar;
como Amor ─ para ser amado;
como Caminho ─ para o percorrer;
como Alegria ─ para a dar;
como Paz ─ para a propagar;
como sacrifício ─ para o oferecer,
na nossa família e à nossa volta.

Santa Teresa de Calcutá.

Mensagem do dia (06/01/2021)

Os Magos certamente foram guiados pelo Espírito Santo, mas eles ainda contavam com o poder da razão para olhar as estrelas e analisar as profecias. Pelo que a Escritura nos diz, eles devem ter sido homens inteligentes e bem educados, bem versados em astronomia e conhecedores das Escrituras Judaicas. Tanto sua fé quanto sua razão os conduziram na jornada para buscar o rei recém-nascido.

Padre Bryce Sibley.

Mensagem do dia (15/12/2020)

Vinde, Senhor, não tardeis. Preparemos o caminho para o Senhor que chegará em breve; e se notarmos que a nossa visão está embaçada e não distinguimos com clareza essa luz que procede de Belém, é o momento de afastar os obstáculos. É tempo de fazer com especial delicadeza o exame de consciência e de melhorar a nossa pureza interior para receber a Deus. É o momento de discernir as coisas que nos separam do Senhor e de lançá-las para longe de nós. Para isso, o exame deve ir até as raízes dos nossos atos, até os motivos que inspiram as nossas ações.

Padre Francisco Fernández Carvajal.

Mensagem do dia (06/12/2020)

A cada passo que dais, estando o caminho preparado para a Sua chegada, o Senhor virá à vossa frente, sempre novo, sempre maior. (…) Quanto a nós que falamos em percorrer este caminho, queiram os céus que estejamos pelo menos a caminho! Na minha opinião, quem quer que se ponha a caminho está já no bom caminho.

Beato Guerric d’Igny.

43.98.1

Mensagem do dia (12/10/2020)

Nunca separeis Nossa Senhora de Cristo. Não se compreende a Mãe sem o Filho. Os privilégios de Maria Santíssima vêm-lhe de Jesus. Ela é como a lua: se o sol se apaga, não a veremos mais. Se, porém, os raios do sol lhe batem, então se ilumina. O culto de Maria é um culto introdutivo: vamos a Maria para chegar a Jesus. Amando Nossa Senhora deste modo, poderemos compreendê-la na sua real grandeza e, através dela, chegaremos a Cristo Filho de Deus. Que o nome bendito de Nossa Senhora Aparecida esteja sempre em vossos corações, como sinal seguro dos vossos passos no caminho ensinado por Jesus.

São Paulo VI (Papa).