Mensagem do dia (27/06/2021)

O amor que Jesus sente pelos homens, por nós, leva-o à casa daquele chefe da sinagoga. Todos os gestos e palavras do Senhor expressam esse amor. Gostaria de deter-me particularmente naquelas palavras literalmente coletadas dos lábios de Jesus: “A menina não está morta, ela está dormindo.” Estas palavras profundamente reveladoras levam-me a pensar na presença misteriosa do Senhor da vida num mundo que parece sucumbir ao impulso doloroso do ódio, da violência e da injustiça, mas não. Este mundo, que é vosso, não está morto, mas adormecido. Em vossos corações, queridos jovens, está a batida forte da vida, do amor de Deus. O jovem não morre quando está perto do Mestre. Sim, quando está perto de Jesus: vós todos estais perto de Jesus. Ouvi todas as Suas palavras, todas as palavras, todas. Jovem, ama Jesus, busca Jesus. Encontra Jesus.

São João Paulo II (Papa).

Mensagem do dia (30/05/2021)

Ó Trindade eterna, ó deidade! Tua natureza divina valorizou o preço do sangue de Jesus. És um mar profundo. Quanto mais nele penetro, mais encontro; quanto mais encontro, mais te procuro. E quando o homem se sacia no teu abismo, mais deseja; está sempre com fome, com sede de ti… És uma luz superior a toda luz. Dás uma iluminação abundante e perfeita à inteligência, aclarando-a na fé. Por meio dela, eu vejo que minha alma possui a vida. Nessa luz eu vejo a tua luz… Por isso eu disse, Pai eterno, que me ilumines com a luz da fé. Realmente, a fé é um mar que alimenta o homem em ti… Quando a fé é grande, o homem tem certeza daquilo em que acredita. Ela é um espelho, Trindade eterna, no qual me conheço. Segurando com amor tal espelho, olho para ele, reflito-me em ti e tu em mim, pela união de tua divindade com a nossa natureza humana. Na luz da fé, conheço-te, bem sumo e infinito, bem superior a todo bem, incompreensível, inestimável. Beleza superior a toda beleza! Sabedoria superior a toda sabedoria. Única sabedoria!… Quem pode acrescentar algo à tua perfeição, agradecer-te pelos imensos favores, pelos ensinamentos dados? Foi uma graça especial, acrescentada àquela comum que dás a todos. Desceste até minhas necessidades e nisto outros espelhar-se-ão.

Santa Catarina de Sena.

Mensagem do dia (16/12/2020)

Tudo o que concerne a nosso Senhor Jesus Cristo tem quase sempre uma dupla dimensão. Houve um duplo nascimento: primeiro, ele nasceu de Deus, antes dos séculos; depois, nasceu da Virgem, na plenitude dos tempos. Dupla descida: uma, discreta como a chuva sobre a relva; outra, no esplendor, que se realizará no futuro. Na primeira vinda, ele foi envolto em faixas e reclinado num presépio; na segunda, será revestido num manto de luz. Na primeira, ele suportou a cruz, sem recusar a sua ignomínia; na segunda, virá cheio de glória, cercado de uma multidão de anjos. Não nos detemos, portanto, somente na primeira vinda, mas esperamos ainda, ansiosamente, a segunda. E assim como dissemos na primeira: «Bendito o que vem em nome do Senhor», aclamaremos de novo, no momento de sua segunda vinda, quando formos com os anjos ao seu encontro para adorá-lo: «Bendito o que vem em nome do Senhor».

São Cirilo de Jerusalém.

Mensagem do dia (17/12/2019)

Deus deseja vir a vossa casa e morar convosco! Aquele que está nos céus, e é adorado pelos serafins, Aquele que se encarnou no seio da Virgem Maria, Aquele que há de nascer daqui a oito dias, quer vir a cada um de vós. Deus, na sua misericórdia, vos ilumine para que hoje fique alojado nas vossas entranhas. Irmãos, preparai-lhe as vossas almas, pois Deus quer vir a elas.

São João de Ávila.

Mensagem do dia (15/09/2019)

O homem – cada um dos homens – é este filho pródigo: fascinado pela tentação de se separar do Pai para viver de modo independente a própria existência; caído na tentação; desiludido do nada que, como miragem, o tinha deslumbrado; sozinho, desonrado e explorado no momento em que tenta construir um mundo só para si; atormentado, mesmo no mais profundo da própria miséria, pelo desejo de voltar à comunhão com o Pai. Como o pai da parábola, Deus fica à espreita do regresso do filho, abraça-o à sua chegada e põe a mesa para o banquete do novo encontro, com que se festeja a reconciliação.

São João Paulo II (Papa).

Mensagem do dia (18/08/2019)

Mãe de Deus, templo vivo da divindade santíssima do Filho único, em ação de graças o repito: na verdade, a tua assunção não te afastou nada dos cristãos. Vives imperecível, mas não estás longe deste mundo perecível. Pelo contrário, estás próxima de quantos te invocam e quem te procura com fé encontra-te. Convinha que o teu espírito permanecesse sempre forte e vivo e que o teu corpo fosse imortal. Com efeito, como poderia a corrupção da carne reduzir-te a cinzas e a pó, a ti, que livraste o homem do fracasso da morte, pela encarnação do teu Filho?

São Germano de Constantinopla.

Mensagem do dia (11/01/2019)

A morte é o momento mais importante e mais feliz de nossa vida. É a porta que se abre e que nos leva a Deus, à infinita beleza, à infinita bondade, por toda a eternidade. […] A morte é um agridoce; mas vamos pensar na parte mais positiva: a doçura da morte, que nos une a Deus, a nossos entes queridos, a Nossa Senhora… A morte tem muitos aspectos muito bons.

Padre Óscar González-Quevedo.

Mensagem do dia (30/04/2017)

O objetivo último da evangelização não é a transmissão de uma doutrina, mas o encontro com uma pessoa, Jesus Cristo. A possibilidade de tal encontro cara a cara depende do fato de que, ressuscitado, Jesus está vivo e quer andar ao lado de cada crente, do mesmo jeito que andou ao lado dos dois discípulos na estrada para Emaús; mais ainda, do mesmo jeito que estava presente no coração de ambos quando eles voltavam para Jerusalém, depois de recebê-lo na partilha do pão.

Padre Raniero Cantalamessa.

Mensagem do dia (25/10/2016)

Para conquistar a perfeição cristã, é necessária uma guerra terrível contra o amor próprio, é preciso que guardes quatro coisas, como se fossem armas para tua segurança e para obter a vitória: a desconfiança de si mesmo, a confiança em Deus, os exercícios de mortificação na busca das virtudes e as orações. Assim te unirás a Ele.

Padre Lorenzo Scupoli.

Mensagem do dia (29/05/2016)

Aqui está de fato um novo milagre: o servo cujos membros estão paralisados conduz o seu amo ao Senhor; a doença do escravo devolve a saúde ao seu proprietário. Este, buscando a saúde do servo, encontra o Senhor e, enquanto tenta conquistar a saúde do seu escravo, deixa-se conquistar por Cristo.

Basílio da Selêucia.

Mensagem do dia (30/12/2015)

O encontro de Deus com a humanidade não foi um simples contato, externo e transitório, mas uma união vital, uma união estável, uma união da natureza divina com a natureza humana, uma união substancial, hipostática como a chamaram os pais de nossa fé, uma união com a qual o Verbo de Deus, em sua infinita e eterna pessoa, fez sua a natureza humana, concebida no seio puríssimo da Virgem Maria, tornando-se deste modo o Homem Jesus Cristo, Deus e Verdadeiro Homem que, como Homem, nasceu, viveu, ensinou, sofreu e ressuscitou, sem deixar de ser o Deus que era, mas tornando-se o Homem que nós conhecemos e que na realidade somos. Pois bem: a recordação deste encontro é o Natal. Mais ainda: deve ser a continuação deste encontro.

Beato Paulo VI (Papa).

Mensagem do dia (30/06/2014)

O mártir é a testemunha mais genuína da verdade da existência. Ele sabe que, no seu encontro com Jesus Cristo, alcançou a verdade a respeito da sua vida, e nada nem ninguém poderá jamais arrancar-lhe esta certeza. Nem o sofrimento, nem a morte violenta poderão fazê-lo retroceder da adesão à verdade que descobriu no encontro com Cristo.

São João Paulo II (Papa).