Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


quinta-feira, 14 de maio de 2009



Anjos e Demônios

Eu estava pensando em escrever sobre o “polêmico” filme Anjos e Demônios, já o assisti em uma sessão para jornalistas na terça-feira. Mas, sinceramente? Não estou com tempo para perder com futilidades.

Tenho apenas duas coisinhas para dizer:

1) A primeira hora do filme é chata de doer, dá para tirar um cochilo. Depois, fica melhorzinho. Mas a solução final da trama, com direito a surpresas e tudo o mais, é tão boboca…

2) O filme é politicamente correto ao extremo, não tentando desagradar a ninguém. Funciona como um “conselheiro”, com uma mensagem “A Igreja Católica é uma instituição muito importante… Por isso precisa se modernizar, dialogar com a ciência!” Ou seja: ser “progressista”. Ainda que você esteja diante do abismo, a mensagem modernista é essa: avançar, sempre!

Está aí o “boneco de palha” do filme: a insistência pertinaz de que a Igreja Católica sempre foi uma instituição obscurantista, obcecada com o poder, intolerante contra a ciência. A “historinha” é claro que é ficção, mas baseia-se no senso comum de que a Igreja é tudo isso e muito mais. E o espectador então aceita tudo o que está vendo. “É, faz sentido… Se a Igreja matou um monte de cientistas, impediu o avanço da ciência, esconde a verdade e tudo o mais, é claro que essa história é verossímel”.

O problema é esse: mesmo a história sendo uma ficção, ela reforça o preconceito anti-católico nas pessoas através dos elementos que servem para contextualizá-la. Que cientista a Igreja “matou”? Daí repetem em uníssono que “matou” dois: Giordano Bruno e Galileu. Mas… alguém realmente sabe o porquê da condenação de Giordano Bruno e o que realmente aconteceu no processo contra Galileu (que nem mesmo foi condenado à morte)? E se a Igreja “esconde a verdade”, porque os documentos sobre ambos estão disponíveis para quem quiser estudar o caso por conta própria?

Mas que coisa, será que ninguém nunca ouviu falar da Pontifícia Academia das Ciências, fundada em … 1603??? Que irritante!

Enfim, Anjos e Demônios é, simplesmente, uma obra tola, feita por bobos e cretinos.

Para ler sobre a condenação a Giordano Bruno, texto no ótimo site “Caiafarsa”. Sobre o julgamento de Galileu, textos esclarecedores: O caso Galileu, O que deveríamos saber sobre Galileu e O que defendia Galileu?.

Postado às 19:05 | Tags: , , , , , , , , , ,

2 Comentários

  1. TICO disse:

    TUDO MENTIRA …O FILME CRITICA A IGREJE E POR CERTO PONTO ELE ESTA CERTO.
    COMO É QUE A IGREJA CRITICA A LUXURIA SENDO QUE ELA MESMO PRATICA !!???
    PORQUE ERAM VENDIDAS INDULGENCIAS??
    SERÁ QUE ERA PARA AUMENTAR O PODER FINANCEIRO DA IGREJA ??
    PARA QUEA IGREJA COBRAVA O DIZIMO COMO OBRIGATORIO???

    EU SOU CRISTÃO CATOLICO, ACREDITO EM DEUS PORÉM DESCORDO COM AS ATITUDES DA IGREJA

  2. JORNADA CRISTÃ disse:

    Com católicos vira-latas (e “anarfas”) como esse aí de cima, realmente a Igreja Católica não precisa de inimigos…

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: