Mensagem do dia (09/10/2022)

«Não foram dez os que ficaram curados? Onde estão os outros nove?» Recordar-vos-eis de que foi nestes termos que o Salvador Se lamentou da ingratidão dos outros nove leprosos. Eles sabiam rezar, suplicar e pedir, pois tinham levantado a voz para exclamar: «Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!» Mas faltou-lhes uma coisa, a que o apóstolo Paulo chama «a ação de graças»: não voltaram para dar graças a Deus.

São Bernardo de Claraval.

Mensagem do dia (15/09/2022)

A gloriosa Virgem Maria pagou o nosso resgate como mulher corajosa, com amor de compaixão por Cristo. Diz o Evangelho de São João: «A mulher, quando está para dar à luz, sente angústia, porque chegou a sua hora». A bem-aventurada Virgem Maria não experimentou as dores que precedem o parto, porque não concebeu em pecado, como Eva, contra quem foi pronunciada aquela maldição; a sua dor veio-lhe depois: Ela deu à luz na cruz. As outras mulheres conhecem a dor corporal, Ela experimentou a dor do coração. As outras sofrem uma alteração física, Ela sofreu a compaixão e a caridade.

São Boaventura.

Created by ImageGear, AccuSoft Corp.

Mensagem do dia (20/03/2022)

Nosso Senhor zela por nós com muito cuidado, mesmo quando cremos estar quase abandonados e rejeitados devido aos nossos pecados, e reconhecendo que o merecemos. A humildade que assim adquirimos eleva-nos bem alto aos olhos de Deus. A graça divina faz nascer um tão grande arrependimento, compaixão e verdadeira sede de Deus, que o pecador, subitamente livre do pecado e da tristeza, é guindado até à beatitude, ao mesmo nível que os grandes santos.

Juliana de Norwich.

Mensagem do dia (18/07/2021)

Uma ovelha sem pastor não é uma ovelha livre, mesmo que possa parecer, mas sim uma ovelha desgarrada e perdida. Vaga pelos montes sem saber aonde ir e está exposta ao assalto de qualquer inimigo. Também os homens, para serem verdadeiramente livres, necessitam de um pastor que oriente seus passos, que ilumine suas mentes. Isso porque a liberdade humana é uma liberdade atada e só pode realizar-se quando o homem escuta e responde a um chamado. Necessitamos de um pastor que nos chame. Mas, quem será esse pastor? Será, por acaso, outro homem? Não, porque só Deus pode colocar-se à frente do homem. Assim o Senhor, depois de condenar os falsos pastores de Israel, diz: «Eu mesmo reunirei o resto de minhas ovelhas». Jesus é Deus conosco. Jesus está diante de nós, o único pastor, o Bom Pastor que reúne as ovelhas desgarradas e perdidas. Por isso, no Evangelho, Jesus se compadece das pessoas ao ver que elas andam desorientadas, como ovelhas sem pastor. Ele vê a miséria espiritual do povo: por isso começa a ensinar-lhes. E o milagre que fará posteriormente, a multiplicação dos pães, será o sinal de seu imenso amor de pastor.

Padre Nicolás Schwizer.

Mensagem do dia (10/12/2019)

O Advento é tempo de alegria, porque faz reviver a expectativa do acontecimento mais jubiloso na história: o nascimento do Filho de Deus da Virgem Maria. Saber que Deus não está longe, mas perto, que não é indiferente, mas compassivo, que não é alheio, mas Pai misericordioso que nos segue amorosamente no respeito da nossa liberdade: tudo isto é motivo de uma alegria profunda que as vicissitudes alternas do dia-a-dia não podem cancelar.

São João Paulo II (Papa).

Mensagem do dia (19/08/2019)

Três coisas se requerem para que haja misericórdia. A primeira é ter compaixão da miséria do outro, pois misericordioso é quem leva em seu coração as misérias dos miseráveis. A segunda consiste em ter uma vontade decidida de socorrê-los em suas misérias. A terceira é passar da vontade à ação.

São João Eudes.

Mensagem do dia (05/03/2019)

Numa outra vez, no tempo de carnaval, apresentou-me, após a santa comunhão, sob a forma de Ecce Homo, carregando a cruz, todo coberto de chagas e ferimentos. O Sangue adorável corria de toda parte, dizendo com voz dolorosamente triste: “Não haverá ninguém que tenha piedade de mim e queira compadecer-se e tomar parte na minha dor no lastimoso estado em que me põem os pecadores, sobretudo, agora?”

Santa Margarida Maria Alacoque.

Mensagem do dia (15/09/2018)

Ó minha Mãe dolorosa, não vos quero deixar chorando sozinha. Quero acompanhar-vos com minhas lágrimas. Esta graça hoje vos peço: obtende-me uma contínua memória com uma terna devoção à Paixão de Jesus e à vossa, para que os dias que me restam de vida me não sirvam senão para chorar vossas dores, ó minha mãe, e as de meu Redentor. Essas vossas dores, espero eu, na hora de minha morte, me hão de dar coragem, força e confiança para não desesperar à vista do muito que ofendi ao meu Senhor. E elas me hão de impetrar o perdão, a perseverança e o paraíso, onde espero depois alegrar-me convosco, e cantar as misericórdias infinitas de meu Deus, por toda a eternidade. Assim o espero, assim seja.

Santo Afonso de Ligório.

Diante do presépio, o convite do Menino Jesus

O próprio Deus se fez frágil, um bebê, para nos despertar a compaixão. Aquele que tudo criou e ordenou, quis se fazer homem para convidar-nos a sermos misericordiosos uns com os outros.

Que o Menino Jesus, poderoso e onipresente, frágil e pequenino, desperte em todos nós o amor e o cuidado para com todos os nascituros, todas as mães, todos os vulneráveis, todos aqueles que precisam ser defendidos!

Contemplando o bebê no presépio, somos chamados a sermos pró-vida, sempre! Contra o aborto! Contra a cultura da morte!

Feliz natal!

Mensagem do dia (15/09/2015)

Verdadeiramente, ó santa Mãe, uma espada transpassou tua alma. Aliás, somente transpassando-a, penetraria na carne do Filho. De fato, visto que o teu Jesus – de todos certamente, mas especialmente teu – a lança cruel, abrindo-lhe o lado sem poupar um morto, não atingiu a alma dele, mas ela transpassou a tua lama. A alma dele já ali não estava, a tua, porém, não podia ser arrancada dali. Por isso a violência da dor penetrou em tua alma e nós te proclamamos, com justiça, mais do que mártir, porque a compaixão ultrapassou a dor da paixão corporal.

São Bernardo de Claraval.

Quando a compaixão de desconhecidos é o presente mais precioso

“Minha filha recentemente faleceu, após uma longa batalha em um hospital infantil. Tendo passado toda sua vida no hospital, nunca pudemos tirar uma foto dela sem os tubos. Alguém poderia removê-los dessa foto?”

Sophia faleceu com apenas seis semanas de idade. Ela esteve internada no hospital durante todo seu curto tempo de vida, permanecendo sempre entubada. Era impossível remover os tubos, portanto os pais de Sophia não podiam fotografá-la sem eles. Seu pai, Nathan, pediu em uma rede social para que alguém pudesse remover os tubos da fotografia, da maneira que fosse possível. Desconhecidos atenderam seu pedido.

Agora, os pais de Sophia possuem bonitas imagens de sua filha, que certamente guardarão como um tesouro para o resto de suas vidas.

“Queria apenas uma foto, e recebi muitos e maravilhosos desenhos e fotos. Não poderia estar mais feliz”, afirmou Nathan, o pai do bebê.

Fontes da notícia:

http://www.foxnews.com/health/slideshow/2014/07/16/father-asks-reddit-for-help-in-remembering-his-daughter/?intcmp=related#/slide/sophia-original

http://www.lifesitenews.com/pulse/total-strangers-on-reddit-gave-this-grieving-dad-a-heartbreaking-but-beauti

http://www.itv.com/news/2014-07-16/you-have-made-my-day-father-asks-internet-to-edit-the-only-photos-he-has-of-late-baby-daughter/

Mensagem do dia (29/12/2013)

Meu bem-amado Jesus, Tu és o Rei do Céu e vejo-Te errar como fugitivo sob a aparência de uma criança. Que procuras? Diz-me. A Tua pobreza e o Teu abaixamento emocionam-me de compaixão; mas aquilo que me aflige mais é a negra ingratidão com que Te vejo tratado por aqueles que vieste salvar. Tu choras, e também eu choro, por ter sido um daqueles que Te desprezaram e Te perseguiram; a partir de agora, porém, preferirei a Tua graça a todos os reinos do mundo.

Santo Afonso de Ligório.

Mensagem do dia (16/02/2012)

Amamos, portanto, as lágrimas e as dores. Mas todo o homem deseja o gozo. Ora, ainda que a ninguém apraz ser desgraçado, apraz-nos contudo a ser compadecidos. Não gostaremos nós dessas emoções dolorosas pelo único motivo de que a compaixão é companheira inseparável da dor? A amizade é a fonte destas simpatias.

Santo Agostinho.