Mensagem do dia (27/10/2022)

Agora,
que eu já não sei andar nas trevas,
não me roubes a Tua Mão, Senhor,…
por piedade!
Voltar às trevas não sei,
e sem a Tua Mão não poderei
dar um só passo em tanta Claridade.

Pelas Tuas feridas minhas, pelas tristezas
de Tua Mãe, Jesus,
não me deixes, no meio desta Luz,
de pernas presas…

Não me deixes ficar
com o Caminho todo iluminado
e eu parado e tão cansado
como se fosse a andar…

Sebastião da Gama.

Mensagem do dia (05/10/2022)

O silêncio é como a espada na luta espiritual; a alma tagarela nunca atingirá a santidade. Essa espada do silêncio cortará tudo que queira apegar-se à alma. Somos sensíveis à fala e sendo sensíveis, logo queremos responder; não levamos em conta se é da vontade de Deus que falamos. A alma silenciosa é forte; nenhuma adversidade a prejudicará, se perseverar no silêncio. A alma recolhida é capaz da mais profunda união com Deus, ela vive quase sempre sob a inspiração do Espirito Santo. Deus opera sem obstáculo na alma silenciosa.

Santa Faustina Kowalska.

Mensagem do dia (20/04/2022)

Os homens e as mulheres de Deus são inconfundíveis. Não se distinguem porque sejam brilhantes, nem porque deslumbrem, nem por sua fortaleza humana, mas pelos frutos santos, por aquilo que sentiam os apóstolos de Emaús quando caminhavam acompanhando Cristo ressuscitado, a quem não conheciam, mas sentiam os efeitos de sua presença.

São Pedro Poveda Castroverde.

Mensagem do dia (26/01/2022)

Tudo em volta induz à loucura, ao infantilismo, à exasperação imaginativa. Contra isso o estudo não basta. Tomem consciência da infecção moral e lutem, lutem, lutem pelo seu equilíbrio, pela sua maturidade, pela sua lucidez. Tenham a normalidade, a sanidade, a centralidade da psique como um ideal. Prometam a vocês mesmos ser personalidades fortes, bem estruturadas, serenas no meio da tempestade, prontas a vencer todos os obstáculos com a ajuda de Deus e de mais ninguém. Prometam SER e não apenas pedir, obter, sentir, desfrutar.

Olavo de Carvalho.

Mensagem do dia (30/06/2021)

Os mártires de Cristo, a Ele unidos, destroçam os principados e as potestades, com Cristo triunfam sobre eles; e, deste modo, tendo participado nos seus sofrimentos, tomam parte também nos merecimentos que Ele alcançou com a sua heróica fortaleza. Que outro dia de salvação haverá tão verdadeiro como aquele em que deste modo deixais a terra?

Orígenes.