Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009



A íntegra da notícia está aqui. Transcrevo o início:

Por meio de uma circular, a Secretaria Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul recomendou ao corpo docente das escolas estaduais do ensino médio “destinar aos estudantes travestis e transgêneros banheiros reservados ao professores”. De acordo com a circular distribuída, “apesar de possuírem um órgão sexual masculino, elas se sentem femininas e, neste caso, o uso do banheiro masculino pode implicar em risco para estes estudantes”.

A medida teria validade a partir desta sexta-feira (20), segundo explicou a superintendente de Políticas para a Educação, Cheila Cristina Vendrami, mas um documento protestando contra o texto inicial causou o adiamento da medida para a próxima semana. O texto inicial dizia que o uso era também extensivo aos banheiros das alunas, o que obrigou a Secretaria a reescrever a circular. Segundo Guilherme Filho, sub secretário de Comunicação do governo estadual, a decisão vai atingir primordialmente as escolas de cursos noturnos, cujos alunos costumam sentir constrangimento no momento de ir ao banheiro. “A intenção é preservar a integridade e garantir o comportamento inclusivo das escolas do Estado”, afirma. Segundo ele, a medida abrange 260 escolas de ensino médio do Estado.

PROTESTO – O protesto havia partido do presidente da Federação dos Trabalhadores na Educação, Jaime Teixeira. “Não há como aceitar esse tipo de orientação do Estado. Acredito que nenhum pai de aluna gostaria de saber que a filha divide o sanitário com os meninos na escola, mesmo em se tratando de casos especiais. Dos quase 320 mil alunos do Estado, metade é menor de 12 anos”. Segundo Guilherme Filho, o protesto é infundado. “Nunca foi a intenção causar constrangimento a crianças, tanto que a medida limita-se às escolas de ensino médio”. Na prática, caso queira, o estudante poderá usar o banheiro feminino dos professores, nas escolas em que existam tais instalações. “Há muitas escolas antigas com banheiro comum,”, diz Guilherme Filho.

E ai de você se falar contra isso. Vai ser taxado das piores coisas. Homofóbico, intolerante, preconceituoso, até assassino.

A nova ordem mundial tem por objetivo legitimar comportamentos inaceitáveis, impondo sua pretensa naturalidade e obrigando a sociedade como um todo a aceitá-los e até mesmo a reverenciá-los. A família tradicional não deixa nunca de ser criticada, desprezada, ridicularizada, mas um rapaz vestido de mulher tem que ter o “direito” de freqüentar o banheiro feminino…

Atenção: respeitar a integridade de uma pessoa não significa aprovar suas atitudes e seu comportamento. Não significa dar a essa pessoa “direitos” que afrontam a maioria. Não significa legitimar sua conduta e não impede que essa pessoa seja alvo de críticas.

O homossexualismo é inaceitável para a moral cristã (não o homossexual!) e essa onda de conceder “direitos” para minorias tem como intenção velada confundir a sociedade tendo como objetivo principal o desmoronamento da moral católica. Os católicos não podem se sentir constrangidos pelo politicamente correto e devem reagir, expressando com veemência sua oposição a absurdos como esse. Antes que seja tarde demais e sejamos até mesmo presos por falarmos em alto e bom tom: homossexualismo é pecado. É uma afronta à família tradicional e à própria sociedade; uma prática sexual não pode ser motivo de obtenção de direitos. Todos devem ter sua intimidade e sua vida privada respeitadas sim, mas o poder público não deve legitimar e promover um modo de vida intrisicamente mau e promíscuo.

Respeitar o homossexual em sua integridade humana, que lhe é inalienável em qualquer circunstância, não significa aceitar e legitimar o homossexualismo. E o estado não deve fazer isso.

Leia mais: Esclarecimento do cardeal Antonelli sobre homossexualidade.

Postado às 20:55 | Tags: , , , , , , , , , , ,

30 Comentários

  1. Vitor disse:

    Mas você tem que entender que o Estado é laico e possui várias religioes e pessoas. Não é uma maioria que deve esmagar uma minoria, são todos que devem ser respeitados. Eu acho que a mulher deve ser respeitada em ter um banheiro exclusivo pra mulheres e que é até inseguro um homem (mesmo que travestido) entrar no banheiro feminino. Mas os homossexuais também devem ser respeitados e também não devem sofrer nenhum constrangimento. Assim como as mulheres, os católicos, os negros, os evangélicos.. ou seja lá quem for.

  2. Vagner Cecilio disse:

    Vamos com calma!! Homens usam banheiro de homens, e mulheres usam banheiro de mulheres e ponto final.
    se os travestis ficam “constrangidos” ao entrar em banheiros masculinos (coisa que duvido rsrsr), então que criem um terceiro banheiro. Mas NUNCA permiter um homen de saia usar banheiro de mulheres.
    Se for assim, varios homens vão por saia e peruca pra tirar uma “casquinha” rsrs.

  3. Edi disse:

    é um absurdo, outro dia fiquei constrangida ao sair do banheiro e dar de cara com um travesti dentro do banheiro feminino. Que criem um banheiro so prar gays.

  4. Adriana disse:

    Absurdo,entrei no banheiro feminino ,quando abri a porta e vi 4 travesti muito forte entrei em desespero,ao sair jogaram agua em mim , antes de mais nada são homens e tem força de homem,eu sofri preconceito por ser mulher em um banheiro feminino.Peço que seja criado um banheiro para eles. Isto é gravissimo.Na hora do vamos ver eles são homens porque meu irmão foi agredido por eles ,quando perguntou o porque me jogaram água.

  5. monique disse:

    É um absurdo compartir um banheiro ou como foi meu exemplo com um provador de roupa com um homossexual. Ele é homem tem piu-piu e a mulher tem pikita. Problema é dele que escolheu a opção sexual, mas a sua origem é homem. Portanto que criem o terceiro banheiro: o banheiro da pouca vergonha, do capeta, sei lá…

  6. Maria disse:

    Vcs precisam entender que Homosexualidade não é uma OPÇÃO…e sim uma ORIENTAÇÃO….e qq preconceito é crime…..

  7. JORNADA CRISTÃ disse:

    Você deveria entender (se é que é capaz de entender alguma coisa) que:

    1) Homossexualismo é um determinado comportamento; como tal, pode e deve ser criticado.
    2) Não há nenhum estudo científico definitivo que explique a origem/causa sobre este comportamento.
    3) Criticar e desaprovar um comportamento não é crime; alguns fanáticos promotores do ódio aos cristãos querem criminalizar opiniões contrárias ao comportamento homossexual. Por enquanto, não conseguiram. Ainda que consigam, JORNADA CRISTÃ não cessará as críticas a esse comportamento, descrito não somente por religiosos mas também por muitos psiquiastras como PERVERSÃO.

  8. Leandro disse:

    Td bem e se for uma transsexual? Operada? Ela tem todo direito de usar o banheiro feminino. E o travesti tbem tem direito sim em usar o banheiro feminino. Imagina o constrangimento que será uma travesti extremamente feminina sendo atacada e alvo insultos por homens num banheiro masculino. As pessoas até podem ter razao em sentir constrangidas com uma trans no banheiro feminino, mas esse constrangimento será mto maior se as trans frequentarem o banheiro masculino. O Brasil infelizmente é um país extremamente preconceituoso por conta de nossa cultura machista q axa certo um homem tem q ser homem de pegar varias mulheres e as mulheres devem ser submissas ao homem. Estamos à 1000 anos luz atras da Europa, lá as travestis tem seus direitos civis bem mais respeitados, frequentam banheiros femininos e ninguém se sente constrangido por isso.

  9. JORNADA CRISTÃ disse:

    “Td bem e se for uma transsexual? Operada? Ela tem todo direito de usar o banheiro feminino.”
    Você está dizendo que um homem castrado tem o direito de usar o banheiro feminino? Discordo. Veementemente. Um homem não deixa de ser homem só porque retirou seu órgão sexual e modelou seu corpo para parecer uma mulher.
    “E o travesti tbem tem direito sim em usar o banheiro feminino. Imagina o constrangimento que será uma travesti extremamente feminina sendo atacada e alvo insultos por homens num banheiro masculino.”
    Imagina então um travesti em um banheiro feminino com crianças. Constranger um homem vestido de mulher não pode; mas se ele se despir num banheiro feminino, deixando seus órgãos sexuais à mostra de meninas, isso tem que ser encarado como natural?
    “As pessoas até podem ter razao em sentir constrangidas com uma trans no banheiro feminino, mas esse constrangimento será mto maior se as trans frequentarem o banheiro masculino.”
    Ou seja: se você percebe a realidade como ela é, de que um sujeito vestido de mulher é homem, você tem que fingir e aceitar a fantasia sexual do sujeito, mesmo que isso lhe deixe constrangido? Um homem tem que ter sua fantasia sexual respeitada, acima de tudo, e pior: essa fantasia tem que ser transformada em fator de identidade? Um homem vestido de mulher tem direitos civis apenas por causa dessa tara?
    “Estamos à 1000 anos luz atras da Europa…”
    Ah, é mesmo? A Europa “pós-moderna”, em franca decadência moral e cultural, em processo de islamização (acha que os muçulmanos vão deixar travestis entrarem em banheiro feminino, rapaz?) é modelo para alguma coisa?

  10. Adriano disse:

    Leis absurdas de mentalidade revolucionaria comunista do pt, com stf por traz, que absurdo, so porque um homem se veste de mulher, ganha o direito de usar o wc feminino, la dentro, ele pode ver mulheres em sua intimidade e fazer o que quizer, e o estado protege, se for wc feminino de meninas menores, também.
    O estado petista protege, se ele for pedofilo, também nao pode fazer nada, que ABSURDO.
    E se eu me vestir de rato, vao me levar pro laboratorio, vao me dar queijo, SO PORQUE ELE SE ACHA MULHER, TODA A SOCIEDADE DEVE CONCORDAR COM ELE, MESMO SENDO ELE UM HOMEM…QUE ABSURDO.
    TRAVESTI NÃO É E NUNCA SERÁ UMA MULHER, NÃO SE PODE MODIFICAR O GENOMA, O DNA, ELE SEMPRE SERÁ HOMEM, MESMO QUE EXTIRPAR O ORGÂO MASCULINO,MESMO ASSIM SEMPRE SERÁ HOMEM, MESMO QUE FIZER MIL PLÁSTICAS.
    ROBERTA CLOSE CONTINUA SENDO UM HOMEM; SE VOCÊ QUIZER QUE O INCARE…EU NÃO.

  11. isaias disse:

    Concordo que todos merecem respeito. Mas um travesti sempre será um homem. Não entender isso e permitir que usem o banheiro feminino, é um erro. Constranger mulheres e possivelmente crianças la dentro. Um absurdo.

  12. Paula disse:

    Caro Jornada, apenas posso recomendar que leia, estude sobre o assunto, afim de, independente de ir ou não contra suas idéias, deixar de postar tantas “informações desinformadas”.

  13. JORNADA CRISTÃ disse:

    Muito obrigado pelo seu conselho, Paula. Pois não: cite as “informações desinformadas” (doeu, viu!), a que você se refere, uma a uma. Vamos discutir esse assunto, entre outros que queira. Demonstre que estou equivocado a esse respeito, ou se isso se trata apenas de FRESCURA de sua parte, ao ver publicada na internet uma opinião dissonante da sua.

  14. Márcio Adriano disse:

    Divulguem em nossos meios Católicos, se o tal “pastor” deve se retirar da Câmara por ser preconceituoso, o Jean Willys é muito mais, principamente contra Nós Católicos.

    Não sou do PSC, e nem tenho por prioridade defender o Deputado “pastor” Marcos Feliciano, mas quero demonstrar que se os ativistas facistas falam em preconceito, ele ja existe há muito tempo na mesa de “direitos humanos” da Câmar, por parte do Sr. Jean Willys – RJ. Peço Vossa ajuda divulgando a petição.

    Por Favor, peço apoio nesta petição. Não pode haver dois pesos e duas medidas, se o Deputado Marcos Feliciano-PSC cometeu algum “preconceito”, muito mais o fez o Senhor Deputado Federal Jean Willys do PSOL-RJ. Diga-se de passagem existe um histórico muito maior por parte do Deputado gayzista, autor de frases jocosas, depreciativas, grosseiras e preconceituosas, contra Católicos e contra o Papa.

    Uma simples consulta no Google, com o termo “Jean Willys ataca”, ou “Jeab Willys ofende”, trará como resultado o quão preconceituoso é o Deputado carioca.

    AJUDEM!!!

    Amigos,

    Eu acabei de criar minha própria petição e espero que possam assiná-la. Ela se chama: Pelo Afastamento DEFINITIVO do Sr. Deputado Jean Willys da Comissão de Direitos Humanos, por Intolerância Religiosa..

    Eu realmente me preocupo sobre este assunto e juntos nós podemos fazer algo a respeito disso! Cada pessoa que assina nos ajuda a chegarmos mais próximo do nosso objetivo de 1,000,000 assinaturas — será que você pode nos ajudar assinando a petição?

    Clique aqui para ler mais a respeito e assine:
    http://www.avaaz.org/po/petition/Pelo_Afastamento_DEFINITIVO_do_Sr_Deputado_Jean_Willys_da_Comissao_de_Direitos_Humanos_por_Intolerancia_Religiosa/?launch

    Campanhas como esta sempre começam pequenas, mas elas crescem quando pessoas como nós se envolvem — por favor reserve um segundo agora mesmo para nos ajudar assinando e passando esta petição adiante.

    Muito obrigado,

  15. Cíntia disse:

    Falam tanto em amor ao próximo, tanto em Deus, mas parece mesmo que não sabem o que é isso. Só pregam preconceito, intolerância e desrespeito.

  16. JORNADA CRISTÃ disse:

    “Amor ao próximo” significa achar LINDO um HOMEM VESTIDO DE MULHER entrar num banheiro feminino ao bel prazer. E sinto muito, mas um homem CASTRADO JAMAIS SERÁ UMA MULHER. A verdade dói? Então, toma vergonha e vá se tratar dessa psicose, cara, pro seu próprio bem.

  17. Ferdinand disse:

    “E se eu me vestir de rato, vao me levar pro laboratorio, vao me dar queijo (…)” – Esse foi o melhor comentário em anos que leio comentários em blogues. Superou inclusive aquele do finado blogue Adversus, de um sujeito que ficou fulo com uma postagem do Daniel sobre a expansão ariana (da heresia) julgando que falava da raça que os nazistas cultuavam. Bolei de rir. Pois é, a internet consegue desanuviar os espíritos vez por outra. Parabéns, Jornada, pelo blogue que já é antigo (lembro-me de suas primeiras postagens mas deixei de acompanhar após alguns anos). Durante esse tempo muitos deixaram o ringue, mas o seu continua de pé enfrentando os lobos e os ignorantes. Deus te abençoe!

  18. Anônimo disse:

    Ola, bom…gente, sou transexual e ha uma diferenca imensa entre nós mulheres transexuais e os chamados “travestis”. Os travestis tem ciencia de sua njatureza masculina e jamais buscam a castracao, ja a criança transexual engatinhando ela ja manifesta sua mentalidade feminina. Por isso a transex antes de ser operada o Sus exige que passe dois anos sendo examinada, passando por equipe medica multidisciplinar e tendo que provar que tem condicoes de desempenhar o papel feminino na sociedade. A estrutura mental da transex eh a mesma de uma mulher comum, entao eh nosso direito ter um documento de acordo com nossareal natureza. Se algum infeliz sabichao discordar, que va peitar os medicos, juizes e leis federais que nos declaram mulheres.

  19. JORNADA CRISTÃ disse:

    Leis iníquas e ideologias de boteco não podem negar o óbvio: você é um homem, ainda que seja castrado. Sinto muito. Devia aceitar a realidade, ao invés de tentar ser o que não é. E se os médicos, juízes, legisladores e quem quer que o seja não estudam os clássicos da psiquiatria, só posso lamentar pela ignorância deles.

  20. Anônimo disse:

    boa noite, eh o seguinte ja que so publicam textos que convem à vossa ignorancia, exijo que retirem minha explanação do ar e da mesma forma que retire sua resposta infame, pois hoje vi que nao publicaram minha minha contra resposta, que foi cheia de inspiração e contra a covardia que voces( nao merecem ser chamados de irmaos) praticam contra pessoas especiais….ousam comparar seres intersexuais geneticos com homo ou travestis, ou retiram essa besteira que escreveram sobre minha pessoa, ou o site todo pode ser retirado do ar fora as medidas legais cabiveis pra esse crime absurdo que voces praticaram.
    nao ha nada de cristao nisso que andam fazendo, carne julgando carne, dou 48 horas para voces antes de abrir a queixa crime por violação de direitos humanos.

  21. MARCELO disse:

    BÉM , DIGO QUE DEVE SE RESPEITAR UMA VONTADE MAS CONCORDAR JA É BÉM DIFERENTE , SOU CONTRA ESSA HISTORIA DE UM TRAVESTI ENTRAR NUM BANHEIRO FEMININO, NAO POR ELE SER UM TRAVESTI MAS POR ELE SER UM HOMEN . INDEPENDENTE DE SUA ORIENTAÇÃO SEXUAL .PENSO QUE NOS COMO PESSOAS TEM,OS O DIREITO DE ESCOLHER QUE CAMINHSO TRILHAR EM NOSSAS VIDAS MAS JUNTO COM ELES VEM CONSEGUENCIAS PRA MAIS OU PRA MENOS ,QUEM ESCOLÇHE SER UMA TRAVESTI GAY OU COMO QUEIRA SER CHAMADO TEM TODO O DIREITO DE VIVER ASSIM MAS SABENDO DAS ATRIBUIÇOES QUE VEM COM SUA ESCOLHA. O QUE TRASGRIDE QUASE SEMPRE TEM QUE ARCAR COM O CONVENCIONAL .

  22. júlia disse:

    Eu não sou cristã,como mulher também não concordo com isso,geneticamente são homens,tem força de homens,se vivessemos em um mundo que não existisse roupas ou maquiagens??eai?como diferenciar? pra mim é apenas uma ilusão,cá entre nós.

  23. edison raimundo disse:

    julia, em parte esta certa, em parte errada demais. tem que ter discernimento de agua e vinho….boa parte das pessoas que reclamam ese direito nao sao homens travestis como voces dizem. SAO PESSOAS INTERSEXUAIS, pseudo hermafroditas, e klinefelter….tem porte natural feminino, nao precisa de maquiagem como vc diz, ja que vc esta usando o tema genetica pra justificar sua teoria de preconceito, ha pessoas que sao 47xxy, ou seja, mulher com cromatina e tudo, portando micro penis que no nascimento dao nome masculino, mas eh tao ou mais mulher que muita gente, ja pseudo hermafroditas pode ate ser 46xy masculino, mas o cromossomo y que faria a masculinização é neutro, seria entao uma mulher de um x apenas, ovula por glandulas….
    agora o mais importante, ha pessoas tidas como menina normal, pensa como menina, chega a ter vagina, mas sem utero, termina em fundo cego. nese caso a formação genetica é 46xy, era para ser um homem, porem o feto recusou por completo os androgenios desde a gestação, ao chegar na adolescencia nao menstruam, claro, e vao no medico e pode ser mesmo um homem que rejeitou o hormonio masculino desde a gestação do feto;

    Sendo assim eu te digo, ha casos e casos, é bom parar pra pensar antes de julgar essas coisas complexas.

  24. JORNADA CRISTÃ disse:

    Esses casos a que o comentarista acima se refere são tão raros que é simplesmente ridículo julgar essa ínfima parte pelo todo. São essas pessoas que têm que se adequar à sociedade em que vivem, e não o contrário. Não é porque sofrem um transtorno (o qual, certamente, não têm culpa alguma) que essas pessoas têm “direitos”. Se psicologicamente uma pessoa não se aceita como mulher, ou homem, não é o restante das pessoas que têm que aceitá-la da forma como essa pessoa quer ser aceita. Essa idéia é tão absurda quanto atender aos desejos de um coprófilo de ter seu peculiar gosto gastronômico não apenas reconhecido, mas atendido por restaurantes, para que ele possa se sentir bem e aceito pelos outros.

  25. JORGE VIDAL disse:

    “NOME SOCIAL” é coisa aceitável, todavia, lamentavelmente o que Erasmo de Roterdam diz em sua obra Elogio da Loucura se potencializa na Resolução do Governo à permissão de homens ditos homossexuais ─ a dita IDENTIDADE de GÊNERO é até então ficção biogenética e não existe como lei ─, usarem o banheiro feminino, porquanto: de fato e de Direito, excetuando aquele que fez mudança de sexo e foi reconhecido por decisão judicial, agora, como mulher, inclusive em seu documento. Diferentemente, qualquer homem ─ esteja vestido de que forma for ─, adentrar e usar o banheiro feminino e vestiário também feminino, isto, obviamente se constitui em ATENTADO AO PUDOR; sendo a Resolução do Governo algo inaceitável e claramente ilegal… ver meus nove Blogs sobre homossexualidade em atenção ao http://www.senadoestatutocartacamara.blogspot.com .

    Atenciosamente JORGE VIDAL

  26. moisés garrido disse:

    Quanto ao vestir-se,ao orientar-se sexualmente;ninguém aparentemente tem nada a ver com isso,porem quando mulheres começarem a serem estupradas dentro de banheiros supostamente feminino,porem agora sabe-se lá que termo usar,por assim dizer,é Brasil digo isso por quer como ter certeza se o cara que estar entrando no banheiro em que a sua esposa ou filha estaria usando,é realmente um gay.

  27. pedro paulo tulaki disse:

    Isso é coisa desses revolucionários comunistas do PT e seus aliados hipócritas e demagogos, que querem destruir a sociedade brasileira implantando um caos social no Brasil, garanto que nenhum destes canalhas petistas querem um macho vestido de mulher com um órgão sexual exposto na frente da mulher ou da filha dele dentro de um banheiro femenino, só a presença de um macho dentro de um banheiro de mulher já deve ser constrangedor, todo mundo sabe que a maioria destes travestis, são marginais, capazes de se masturbar na frente das mulheres, capazes de agredi-las ou mesmo de estuprá-las, se esses comunistas safados querem fazer média com viados, que façam banheiros exclusivos para essas pestes, isso tinha que ser coisa do PT mesmo, isso é uma ditadura de canalhas, duvido que isso acontecesse nos tempos dos militares.

  28. Alex disse:

    Nunca vi um blog tão podre quanto esse, esse vômito de palavras do Jornada Cristã ( cristã? Deus deve estar se sentindo ofendido) me fez passar mal de tanto lixo escrito. Vocês são use ns escrotos, apenas.

  29. JORNADA CRISTÃ disse:

    Chora mais que tá pouco.

  30. Cebolinha disse:

    Alex, chola mais…

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: