Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


segunda-feira, 9 de março de 2009



Os Estados membros abordam o tema pela primeira vez

VIENA, quinta-feira, 5 de março de 2009 (ZENIT.org).- Os Estados membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) devem empenhar-se mais em enfrentar a intolerância e a discriminação contra os cristãos. Esta foi a conclusão do primeiro encontro da organização, centrada especificamente no tema, e celebrado nesta quarta-feira em Viena (Áustria).

«Foi manifestado neste encontro que a intolerância e a discriminação contra os cristãos se manifesta de várias formas na área da OSCE», afirmou o embaixador Janez Lenarcic, diretor do Escritório para as Instituições Democráticas e os Direitos Humanos (ODIHR), que organizou o encontro.

«Se a negação dos direitos pode ser uma questão importante onde os cristãos representam uma minoria, os cristãos podem experimentar exclusão e marginalização também onde constituem a maioria da sociedade», acrescentou.

Mario Mauro, representante da Presidência da OSCE para a Luta contra o Racismo, a Xenofobia e a Discriminação, afirmou estar convencido de que este encontro «conseguiu dar visibilidade e sublinhar a importância do fenômeno da intolerância e da discriminação contra os cristãos».

Os participantes discutiram vários aspectos relativos à intolerância e à discriminação contra e entre os cristãos, como ataques violentos contra as pessoas, propriedades e lugares de culto, assim como restrições à liberdade de religião e de credo.

Da mesma forma, sublinharam os casos em que se produzem imagens inadequadas da identidade e dos valores cristãos por parte da mídia e da política, que levam a mal-entendidos e preconceitos.

Falou-se também sobre a necessidade de potencializar o diálogo inter-religioso, dado que muitos dos desafios que os cristãos enfrentam são compartilhados pelos membros de outras comunidades religiosas da região OSCE.

Os participantes no encontro pediram um levantamento mais preciso de dados sobre crimes contra os cristãos, a adoção de leis religiosas de acordo com os compromissos internacionais, e a assistência aos Estados e à sociedade civil para aumentar a consciência nestas questões.

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) está conformada atualmente por 56 Estados participantes; todos eles são países da Europa (inclusive a Federação Russa e todos os países da União Europeia), Ásia Central e América do Norte (Canadá e Estados Unidos).

Fonte: Zenit. Os grifos em negrito são meus.

Postado às 00:18 | Tags: , , , , ,

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: