Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


domingo, 29 de março de 2009



«Um dos maiores intelectuais dos tempos modernos»

NOVA DÉLI, sexta-feira, 27 de março de 2009 (ZENIT.org).- Os bispos católicos da Índia – de todos os ritos – pediram à mídia do mundo inteiro que respeite o Papa, segundo informou ontem Eglises d’Asie (EDA), a agência das missões Exteriores de Paris (MEP).

Os prelados afirmam que Bento XVI «é um dos maiores intelectuais dos tempos modernos», e destacam sua lucidez nas questões morais e sociais.

Durante a viagem de Bento XVI à África, os meios de comunicação indianos reproduziram amplamente a seus colegas estrangeiros, afirmando que o Papa «está totalmente fora do mundo real», a propósito de suas declarações sobre o preservativo, que segundo ele não é a única resposta à AIDS.

Uma das fontes citadas foi a célebre revista americana Foreign Policy, que incluiu o Papa na lista das «13 piores personalidades do planeta»; a revista cita igualmente a mídia britânica, afirmando que uma pessoa no Vaticano havia qualificado o pontificado de Bento XVI como «catastrófico».

Na quarta-feira, 25 de março, o porta-voz da Conferência dos Bispos Católicos da Índia (CBCI), Babu Joseph, afirmou que estes fatos são «inqualificáveis».

A CBCI publicou em 24 de março passado um comunicado no qual considera «gravemente irresponsáveis e infames» estas afirmações sobre o chefe da Igreja Católica, «amado e respeitado no mundo inteiro».

No comunicado, assinado pelo secretário-geral da Conferência, Dom Stanislaus Fernandes, arcebispo de Gandhinagar, os bispos recordam que a comunidade internacional havia escutado com respeito suas declarações sobre a recessão econômica e o terrorismo.

Os bispos pedem aos católicos de todo o mundo que respeitem os ensinamentos do Papa. «Ele convida o mundo inteiro a seguir adiante, com o Espírito de Deus, para construir uma sociedade fundada nos valores morais e no respeito à vida».

«Este é o papel moral do Papa, dirigir e guiar as consciências, da humanidade em geral e dos católicos em particular.»

O Papa Bento XVI «é um dos maiores intelectuais dos tempos modernos e está perfeitamente informado sobre as tendências atuais que mostram a degradação moral da humanidade», afirma a declaração.

O texto dos bispos conclui pedindo a católicos e a não católicos que «evitem fazer declarações não pensadas» contra o Papa, que «sempre trabalhou pela paz, a reconciliação, a fraternidade, a unidade e a atenção aos mais pobres e abandonados».

Fonte: Zenit.

Postado às 00:10 | Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: