Para a glória de Deus, em comunhão com a Santa Igreja Católica Apostólica Romana

Jornada Cristã


domingo, 4 de janeiro de 2009



A máquina da morte está aí, com a corda toda, contando, como sempre, com o apoio escancarado da imprensa. E também do PT. E já avisaram: 2009 é o ano do aborto. Jorge Ferraz, em seu blog Deus Lo Vult!, comenta uma fala estúpida do dep. Chico Alencar (que ainda por cima tem a cara de pau de se dizer “católico”) e uma declaração da ministra do aborto, Nilcéa Freire, extraída de uma entrevista infeliz dada ao Jornal do Brasil. Para ler, clique aqui.

A pressão pela aprovação do aborto no Brasil é insuportável. Temos a obrigação moral de nos organizarmos. Uma das armas é a lista de deputados da “bancada da morte”. São os deputados pró-aborto que insistem em discutir o projeto de lei nº. 1135/91, rejeitado por unanimidade na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), em 7 de maio do ano passado, e por maioria de 57 votos contra 4 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal no dia 9 de julho segunte.

O deputado José Genoino, do PT (é claro…), apresentou um requerimento que foi assinado por mais 62 deputados, para que este projeto permaneça em discussão e seja votado em plenário. Genoino é aquele mesmo que disse certa vez: “Nós do PT não praticamos irregularidades. O PT não compra nem paga deputados”. Tá certo. E eu sou a Madonna. E o PT é a virgem daquela música “like a virgin…”

São esses os deputados da bancada da morte:

ACRE (01)
Nilson Mourão – PT/AC

AMAPÁ (03)
Dalva Figueiredo – PT/AP
Evandro Milhomen – PCdoB/AP
Janete Capiberibe – PSB/AP

AMAZONAS (01)
Vanessa Grazziotin – PCdoB/AM

BAHIA (06)
Nelson Pellegrino – PT/BA
Zezéu Ribeiro – PT/BA
Daniel Almeida – PCdoB/BA
Alice Portugal – PCdoB/BA
Roberto Britto – PP/BA
Severiano Alves – PDT/BA

CEARÁ (04)
José Guimarães – PT/CE
Eudes Xavier – PT/CE
Chico Lopes – PCdoB/CE
Flávio Bezerra – PMDB/CE

DISTRITO FEDERAL (01)
Magela – PT/DF

ESPÍRITO SANTO (01)
Iriny Lopes – PT/ES

GOIÁS (01)
Rubens Otoni – PT/GO

MARANHÃO (02)
Domingos Dutra – PT/MA
Sarney Filho – PV/MA

MINAS GERAIS (03)
Virgílio Guimarães – PT/MG
Jô Moraes – PCdoB/MG
Edmar Moreira – DEM/MG

MATO GROSSO (01)
Carlos Abicalil – PT/MT

MATO GROSSO DO SUL (01)
Antônio Carlos Biffi – PT/MS

PARÁ (04)
Paulo Rocha – PT/PA
Beto Faro – PT/PA
Zé Geraldo – PT/PA
Asdrubal Bentes – PMDB/PA

PARANÁ (02)
Angelo Vanhoni – PT/PR
Max Rosenmann – PMDB/PR

PERNAMBUCO (07)
Pedro Eugênio – PT/PE
Fernando Ferro – PT/PE
Maurício Rands – PT/PE
Raul Jungmann – PPS/PE
Silvio Costa – PMN/PE
Ana Arraes – PSB/PE
Inocêncio Oliveira – PR/PE

RIO DE JANEIRO (05)
Jorge Bittar – PT/RJ
Carlos Santana – PT/RJ
Edmilson Valentim – PCdoB/RJ
Chico Alencar – PSOL/RJ
Brizola Neto – PDT/RJ

RIO GRANDE DO NORTE (01)
Sandra Rosado – PSB/RN

RIO GRANDE DO SUL (04)
Marco Maia – PT/RS
Luciana Genro – PSOL/RS
Pompeo de Mattos – PDT/RS
Darcísio Perondi – PMDB/RS

RONDÔNIA (01)
Eduardo Valverde – PT/RO

RORAIMA (01)
Francisco Rodrigues – DEM/RR

SÃO PAULO (13)
José Genoíno – PT/SP
Paulo Teixeira – PT/SP
Jilmar Tatto – PT/SP
Vicentinho – PT/SP
Cândido Vaccarezza – PT/SP
Devanir Ribeiro – PT/SP
José Mentor – PT/SP
Cláudio Magrão – PPS/SP
Arnaldo Jardim – PPS/SP
Ivan Valente – PSOL/SP
Regis de Oliveira – PSC/SP (12)
Paulo Pereira da Silva – PDT/SP
Dr. Ubiali – PSB/SP

AO TODO 63 DEPUTADOS ASSIM DIVIDIDOS POR PARTIDO:
1. PT 31 Deputados (49,20 %)
2. PC do B 07 Deputados (11,11 %)
3. PSB 04 Deputados (6,33 %)
4. PDT 04 ” ”
5. PMDB 04 ” ”
6. PSOL 03 ” (4,76 %)
7. PPS 03 ” ”
8. DEM 02 ” (3,17 %)
9. PMN 01 ” (1,58 %)
10. PR 01 ” ”
11. PV 01 ” ”
12. PSC 01 ” ”
13. PP 01 ” ”

Bem, qualquer pessoa esperta sabe bem sobre o caráter de um sujeito como Genoino, então é para se perguntar o porquê de sua liderança para o propósito tão nobre de legalizar a matança de bebês no Brasil, levando nosso país definitivamente para o “primeiro mundo”, já que a maioria dos países “desenvolvidos” já legalizou o assassinato de crianças no ventre das respectivas mães.

Percebam que os partidos de esquerda (PT, PC do B, PSB, PSOL) estão empenhados na legalização do aborto. O PT, partido que nasceu na Igreja Católica, sob a influência da teologia da libertação, e com grande parte dos militantes que ainda se dizem católicos e freqüentam a igreja, está envolvido com essa causa até o pescoço. Dois deputados federais do partido, Luiz Bassuma, da Bahia, e Henrique Afonso, do Acre, estão respondendo a processo na Comissão de Ética do Partido dos Trabalhadores e podem ser expulsos do partido.

O site do Partido dos Trabalhadores apresentou recentemente o processo de expulsão contra os deputados a favor da vida como “uma vitória das feministas do PT”. Outros parlamentares do partido que também tem se pronunciado a favor da vida, como o deputado Nazareno Fonteles, já estão na mira de novos processos.

Na página oficial da quadrilha, quer dizer, do partido, você pode ler mais sobre todo esse disparate. Veja um trecho: “A defesa do direito ao aborto legal e seguro é uma bandeira histórica das mulheres petistas”. Vejam bem: historicamente, o PT é ligado à ala “progressista” (melhor seria dizer pôgreçista) da Igreja Católica. Quantas dessas mulheres petistas se dizem católicas e freqüentam a missas, enquanto se empenham pela luta em matar bebês?

O deputado oposicionista Onyx Lorenzoni (DEM-RS) ironizou o fato de nenhum parlamentar do PT ter sido punido no Conselho de Ética do partido por conta do suposto envolvimento no escândalo do mensalão. “O PT é liberal com roubo de dinheiro público e radical a favor da eliminação da vida,” observou. Veja uma matéria completa a respeito do assunto aqui. Um trecho me chamou mais a atenção e transcrevo na íntegra:

O deputado Gilmar Machado (PT-MG), um dos vice-líderes do governo no Congresso, diz que vai defender Bassuma e Henrique Afonso perante os colegas. “São dois grandes companheiros. Eu espero que não sejam expulsos. Temos que discutir isso”, conta.

[…]Machado diz que esse é um assunto “de foro íntimo”. Evangélico, o petista mineiro também é contra a descriminalização do aborto, mas não foi levado à Comissão de Ética do partido porque, na avaliação da Secretaria de Mulheres, ao contrário dos outros dois colegas, não faz campanha sistemática em torno do assunto. “Depende da forma como você se expressa”, avalia Machado.

Ou depende da forma como você se omite, não é verdade?

Abro um parênteses: a nova ordem mundial prevê a proibição e a criminalização da expressão em público dos seus sentimentos religiosos! Este deputado petista já entrou no esquema: se diz cristão, mas é um cristão calado, emudecido! É um cristão dentro de casa! No espaço privado! E o que diz em público para defender a vida? O que diz em público sobre sua própria crença? Defender o evangelho é questão de “foro íntimo”? O sr. não tem vergonha de ser petista, sr. Machado, mas tem vergonha de se pronunciar contra o aborto? O senhor não tem é vergonha nenhuma, não é mesmo?

Voltando. O PT se revela cada vez mais uma ameaça não somente à democracia, mas à própria civilização brasileira. Todos os países onde o aborto foi legalizado enfrentam agora um problema sério de crise demográfica – o último exemplo noticiado pela imprensa é o de Cuba. Trecho desta reportagem:

Em Cuba, o aborto foi legalizado em 1965 e as mulheres são livres para decidir quando ter filhos e quantos serão. O país é considerado um dos mais avançados da região em matéria de planejamento familiar.

Mas o recurso indiscriminado do aborto preocupa os médicos, demógrafos e políticos de Cuba. Em 2006, por exemplo, 67.903 mulheres na faixa dos 12 aos 49 anos se submeteram a pelo menos um aborto, ou seja, de cada 100 mulheres grávidas, 37 abortaram.

Em todos os países do mundo que adotaram o aborto, aconteceu a mesma coisa, e as estatísticas provam: o número de abortos explodiu, chegando ao ponto de provocar uma perigosíssima crise demográfica. Pretendo abordar este assunto aqui com mais profundidade em outra ocasião. Mas é isso o que esses arautos dos direitos da mulher querem impor ao Brasil: um estrito controle da natalidade, de acordo com o ideal de uma nova ordem mundial, com uma população sob controle e uma opinião pública cada vez mais manipulável e passiva.

Este projeto é defendido pelos movimentos políticos de esquerda, comprometidos que estão com essa nova ordem. Basta ver quem são os grandes financiadores desses grupos: são as grandes corporações capitalistas como as fundações Ford, MacArthur, Rockfeller. Basta ver o empenho dessas fundações em promover o aborto como um “direito da mulher” para impor por debaixo dos panos o mais severo controle da natalidade possível. O que aconteceu em Cuba aconteceu em todos os lugares: o aborto torna-se um método contraceptivo aplicado em larga escala. E os efeitos são uma bomba a explodir décadas depois.

É deplorável que um partido, que há muito merece a alcunha de quadrilha, composto em grande parte por católicos (apenas de nome, é claro) se empenhe em legalizar a aberração do aborto. E é mais abominável ainda que nenhuma autoridade eclesiástica se manifeste sobre este assunto. Por que o silêncio da hierarquia católica? Por que o silêncio da CNBB? A resposta dos católicos, aqueles que o são de verdade, não os “católicos vira-latas”, na expressão do querido Padre Tonico, deve ser o repúdio total ao PT. Católico que realmente tem consciência de sua fé não vota no PT, muito menos apoia qualquer político que esteja envolvido com essa verdadeira organização criminosa.

Os abortistas já mostraram as garras e estão aí, com sangue nas bocas e nas mãos. E aqueles que dizem defender a vida vão permanecer quietos?

PS: saiu um artigo muito interessante no jornal baiano A Tarde, intitulado Aborto, PT, PC do B e Freakonomics. Trata da recente ofensiva na ONU de grupos feministas que pressionam as “Abominações” Unidas a incluírem na Declaração Universal dos Direitos Humanos o direito de matar bebês ainda no ventre materno. A pressão acontece no mundo inteiro, e no Brasil em particular legalizar o aborto é política de saúde do governo Lula. Leiam todos!

Postado às 21:53 | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário


Get Adobe Flash player Plugin by wpburn.com wordpress themes
%d blogueiros gostam disto: